Home » Notícias » MARÇO de 2018
 
MARÇO de 2018 Imprimir E-mail
Seg, 05 de Março de 2018 17:00

 

Dia 31 - VIGÍLIA PASCAL NA CATEDRAL

A celebração da Vigília Pascal, a mais importante de todas as celebrações, também conhecida como "mãe de todas as vigílias", teve início às 19:30h na praça Joaquim Correia, ao lado da Catedral, onde estavam reunidos os fiéis para o Solene início da Vigília, ou Celebração da Luz, com bênção do fogo, a preparação do Círio Pascal e a procissão. Após ingressar na igreja Catedral foi realizada a Proclamação da Páscoa, com o belo e antiquíssimo hino “Exsultet”, chamado de Precônio Pascal. Após essa primeira parte da Vigília, foi iniciada a Liturgia da Palavra, segunda parte, onde foram lidos os Textos Sagrados que narram como o Senhor Deus agiu na História da Salvação. Na homilia Dom Luís recordou o significado da Ressurreição afirmando que “é a maior prova da divindade de Jesus. É o fundamento da nossa fé. A Ressurreição de Jesus prova que sua doutrina e sua obra são divinas. A Ressurreição prova que Cristo é o Filho de Deus, que é Senhor sobe a vida e a morte. É a vitória final e definitiva sobre o pecado e a morte. É o fundamento da esperança de nossa ressurreição futura”. O metropolita ainda dirigiu uma afetuosa acolhida aos catecúmenos, que nesta noite santa, tomaram parte nos Sacramentos da Iniciação Cristã. Logo em seguida iniciou a terceira parte da Vigília, isto é, a Liturgia Batismal. Este ano foram batizados 12 adultos, uma prática que remonta aos primeiros séculos da Igreja, batizar os catecúmenos no dia em que se celebra a vitória de Cristo sobre a morte. Por fim, iniciou a Liturgia Eucarística, o banquete que o Ressuscitado oferece-se a si mesmo como Alimento para a Vida Eterna. Ao concluir a Solenidade, houve a procissão com a imagem do Cristo Ressuscitado. Concelebrou a Eucaristia o Mons. Uilton, Pároco e Vigário Geral. A Celebração contou com a presença do Diác. José Dias, Religiosas da Ordem da Anunciação e numerosos fiéis.


Dia 30 – SEXTA-FEIRA SANTA, CELEBRAÇÃO DA PAIXÃO DO SENHOR

Às 15 horas desta Sexta-Feira Santa teve início na igreja Catedral a Ação Litúrgica da Paixão do Senhor, que foi presidida por Dom Luís Pepeu, Arcebispo Metropolitano. Participaram da Celebração o Mons. Uilton, Pe. Gildeir e o Diác. José Dias. Esta celebração é composta de três partes: Liturgia da Palavra, Adoração da Cruz e distribuição da Comunhão. Os Ministros Ordenados, em silêncio, aproximaram-se do altar e ajoelharam-se por uns instantes, bem como os fiéis que lotavam a Catedral. Na homilia, Dom Luís destacou o aspecto do silêncio vivenciado nesta liturgia, e recordou que “nossa época é marcada pela agitação, pelo barulho e pela intranquilidade. Por que não silenciarmos o coração mostrando a nós mesmos que somos capazes de ouvir a voz de Deus? Em nossa busca por Deus, pela santidade, pelo serviço ao próximo, a nossa ansiedade, tantas vezes, torna-se agitada. Precisamos silenciar, precisamos ser serenos. Precisamos ter atitudes de alguém que busca realmente a santidade. E a santidade percorre o itinerário do silêncio. O silêncio é um elemento fundamental e eficaz para quem busca vivenciar nestes dias o mistério da Paixão, Morte e Ressurreição do Senhor Jesus”. Ao término da Ação Litúrgica foi realizada a tradicional procissão com a relíquia do Santo Lenho e as imagens do Cristo morto e de Nossa Senhora das Dores, sendo concluído este momento devocional na Catedral.


Dia 30 – VIA-SACRA PARA O CRUZEIRO EM VITÓRIA DA CONQUISTA

Ao raiar desta Sexta-Feira Santa foi celebrada a Via Sacra, iniciando na Praça Sá Barreto até o Cruzeiro na serra do Periperi, em Vitória da Conquista.  Com esta piedosa devoção, os fiéis puderam reviver o caminho de Nosso Senhor até a sua Entrega na Cruz. Neste ano, a Via Sacra também contemplou o tema da Campanha da Fraternidade, chamando a atenção sobre a violência. Cada estação foi celebrada por uma paróquia do Vicariato São Lucas e alguns movimentos arquidiocesanos, ligados ao setor família. Este momento devocional contou também com a participação do Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, padres, diáconos, religiosas, bem como uma multidão de fiéis, que com devoção entoavam cânticos e orações, durante todo o percurso da “Via Dolorosa”. Ao chegar aos pés do Cristo, ocorreu uma pequena celebração, concluindo o início deste dia de jejum e penitência.


Dia 29 – MISSA DA CEIA DO SENHOR NA IGREJA CATEDRAL

A Missa da Ceia do Senhor teve início às 20h desta Quinta-Feira Santa na Igreja Catedral de Vitória da Conquista, presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, e concelebrada pelo pároco, Mons. Uilton, e pelo Pe. Tobias. Na homilia, o Metropolita sublinhou os três tesouros do testamento de Jesus, no evangelho de hoje (Jo 13,1-15): o Mandamento do Amor, a Eucaristia, e o Sacerdócio Ministerial, e ressaltou: “quem rejeita a missão de Jesus não pode ter comunhão com Ele. A missão tem uma dimensão bem concreta, é o serviço de lavar os pés. O que significa isso? Pedro teve dificuldade de compreender. Para ele, era inconcebível que o mestre exercesse a função de escravo. O lava-pés significa o servir às pessoas mais necessitadas”. Após a homilia foi realizado o rito do lava-pés, recordando que o gesto feito por Jesus é para ser seguido na vida, isto é, no amor que dedicamos a nossos irmãos. Após a Sagrada Comunhão, como de costume, aconteceu a trasladação do Santíssimo Sacramento para a Capela da Reposição, preparada no Salão Dom Vital, onde fiéis ficaram em vigília com o Senhor.


Dia 27 – MISSA DA UNIDADE EM BELO CAMPO REÚNE MULTIDÃO DE FIÉIS

No início da noite desta terça-feira (27), no Estádio Municipal de Belo Campo, Dom Luís Pepeu, Arcebispo Metropolitano, junto com todo o clero da Arquidiocese celebrou a Missa do Crisma ou da Unidade, como é chamada após o Concílio Vaticano II. Representações de todas as paróquias e comunidades que formam a Arquidiocese lotaram o estádio, uma vez que esta Missa caracteriza-se pela unidade e comunhão dos padres e do rebanho com o seu Pastor. Dirigindo-se aos padres o Metropolita enfatizou: “devemos ser um testemunho para as novas vocações. É uma grande responsabilidade, sobretudo no contexto da nova evangelização. As pessoas têm direito de dirigir-se aos sacerdotes e ‘verem’ o próprio Cristo neles. Sentem necessidade disso particularmente os jovens, que Cristo continua a chamar a Si para fazer deles seus amigos e propor a alguns a doação total à causa do Reino”. Após a homilia os padres renovaram as promessas que fizeram em sua ordenação presbiteral. Em seguida, o Arcebispo abençoou o óleo dos enfermos, que sustenta na provação da doença, e o óleo dos catecúmenos, sinal da força que liberta do mal. Rodeado pelos sacerdotes, consagrou o Santo Crisma (óleo misturado com bálsamo), para significar o dom do Espírito no Batismo, na Crisma, na Ordem, bem como nos Altares e Igrejas que são consagrados. A Paróquia São Sebastião, teve a responsabilidade de preparar, neste ano, a Solene Concelebração Eucarística. Ao término da Celebração, o Metropolita anunciou o local da próxima Missa da Unidade (2019). Foi nomeada a Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro em Iguaí.


Dia 27 – DIA DE ESPIRITUALIDADE DO CLERO

O clero da Arquidiocese de Vitória da Conquista esteve reunido com o Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, durante esta terça-feira, dia 27, na Paróquia São Sebastião em Belo Campo. Foi um dia dedicado a Espiritualidade em preparação à Missa do Crisma (Missa da Unidade) e ao Tríduo Pascal. O início foi marcado por um momento de oração e meditação. Foi realizado uma reflexão sobre algumas cartas e mensagens do Papa Francisco dirigidas aos sacerdotes. No início da tarde aconteceu a Celebração Penitencial, onde os padres e diáconos se aproximaram do Sacramento da Reconciliação, em preparação para a Páscoa. Foi um dia marcado pela alegria, partilha e fraternidade.


Dia 25 – ARCEBISPO PRESIDE DOMINGO DE RAMOS NA CATEDRAL METROPOLITANA

Na manhã deste domingo, dia 25, na Catedral Metropolitana, Dom Luís Pepeu presidiu a Santa Missa do Domingo de Ramos e da Paixão do Senhor, ato litúrgico que inaugura as celebrações da Semana Santa. O início da celebração aconteceu na Praça Barão do Rio Branco, onde os fiéis estavam reunidos com os ramos em mãos para relembrar a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém. Após a habitual saudação, o Arcebispo procedeu com a oração da bênção dos ramos. Em seguida, o Diác. José Dias fez a solene proclamação do Evangelho. Depois, os fiéis, agitando os ramos, louvando e cantando, saíram em procissão até à Catedral. A celebração prosseguiu com a oração do dia e a Liturgia da Palavra. A Santa Missa, presidida pelo Arcebispo, foi concelebrada pelo Pe. Gildeir, contando com a presença dos Diáconos Permanentes José Dias e Luciano Santana, e do Diácono Transitório Nailson Gonçalves. Também participaram a Religiosa da Ordem da Anunciação, Irmã Cândida, e numerosos fiéis que superlotaram a igreja Catedral. Na homilia, o Metropolita convidou os presentes “a celebrar com profunda fé e devoção” e “contemplar o Deus que, por amor, veio ao nosso encontro, partilhou nossa humanidade, fez-Se servo, deixou-Se morrer para que o egoísmo e o pecado fosse vencidos”.


Dia 22 – AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE A CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2018

Na noite desta quinta-feira, dia 22, a Câmara Municipal dos Vereadores de Vitória da Conquista realizou uma Sessão Especial para um debate aberto ao público sobre o tema da Campanha da Fraternidade 2018: “Fraternidade e Superação da Violência”. A Audiência foi realizada no Salão da Paróquia Nossa Senhora das Graças. O Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, convidado a compor a Mesa, fez uma explanação do tema em pauta. Em sua alocução, Dom Luís lembrou que não é a primeira vez que a CF trata do tema da violência. O Metropolita recordou as múltiplas formas de violência hoje: psicológica, verbal, institucional, racial, sexual, juvenil, doméstica (especialmente contra mulheres e crianças) contra os trabalhadores rurais, comunidades tradicionais e policiais. O Arcebispo enfatizou que “não há fórmulas mágicas para a superação da violência. Entretanto, é possível combater a configuração que a mesma assume na realidade brasileira. Certamente, não basta a ação policial e o punitivismo jurídico. São necessárias boas políticas de segurança pública integradas a políticas de inclusão social, de geração de emprego e renda, de educação, de oferta de serviços públicos básicos à população em vista do bem estar e paz social”. A sessão foi presidida pelo Vereador Prof. Cori. Estiveram presentes alguns outros Vereadores, Padres, Religiosas, representantes da Polícia Militar, Poder Judiciário, OAB, Movimentos Sociais, Pastoral Carcerária, fiéis e pessoas de boa vontade.

 

Dia 19 –DOM LUÍS PRESIDE FESTA DO PADROEIRO DA COMUNIDADE SÃO JOSÉ

A Comunidade São José da Paróquia Nossa Senhora de Rainha da Paz e São Vicente de Paulo, em Vitória da Conquista, celebrou seu padroeiro de 16 a 19 de março, refletindo o tema: “São José rogai a Deus por nosso Brasil”. A conclusão dos festejos contou com a presença do Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, que presidiu a Eucaristia. A Santa Missa teve grande participação de fiéis, que agradeciam a Deus pela intercessão de São José e com júbilo vibraram pela 1ª visita do Arcebispo à Comunidade. Estiveram presentes os Diáconos Permanentes, Antonio Souza e Genildo Galdino, bem como os Diáconos Transitórios, Nailson Gonçalves e Técio Andrade, além das Irmãs da Ordem da Anunciação e das Missionárias de Nossa Senhora das Dores. Diversas Comunidades Urbanas e Rurais se uniram para este grande momento de festa e alegria. Em sua homilia, o Arcebispo, recordou que “São José é um dos santos mais queridos da Igreja, muitíssimo são os seus devotos e quanto mais reconhecemos sua autoridade enquanto esposo e pai, mais a Sagrada Família se torna querida e reconhecida”. Antes da bênção final, foi entoado o hino em louvor a São José, que o povo aclama com grande animação entre vivas e fogos.


Dia 18 – PE. ANTONIO GONÇALVES TOMA POSSE EM CAETANOS

Neste V Domingo da Quaresma, dia 18, por volta das 18h., Dom Luís Pepeu, Arcebispo Metropolitano de Vitória da Conquista, conferiu Posse Canônica ao Revdo. Pe. Antonio Gonçalves Dias, como novo Administrador Paroquial da Paróquia Santo Antônio de Pádua, em Caetanos. Acompanhou o Arcebispo o Diác. Nailson e numerosos fiéis de Vitória da Conquista e Cândido Sales se uniram ao povo caetanense para acolher o novo pastor. Na homilia Dom Luís recordou que “este tempo privilegiado de penitência e conversão, acompanhado também pela Campanha da Fraternidade, nos ajuda no caminho de conversão. A liturgia de hoje, deste V Domingo da Quaresma apresenta a preocupação de Deus no sentido de mostrar a cada um de nós o caminho da salvação e da vida definitiva”. O Metropolita ainda dirigiu algumas palavras ao Pe. Antônio, novo pastor dessa parcela do Povo de Deus, recordando sua missão de cooperar com o Reino de Deus, especialmente no ministério que lhe é próprio, por meio dos múnus de ensinar, santificar e reger. Também animou os paroquianos a acolherem o novo pastor como sinal de Deus no meio deles. Em seu pronunciamento, o Pe. Antônio, manifestou a alegria de estar assumindo a paróquia, e que desde sua nomeação já se sentia amado e acolhido.


Dia 18 – ENCONTRO DO PRÉ-PROPEDEUTICO

Neste fim de semana aconteceu no Seminário Arquidiocesano Nossa Senhora das Vitórias o Encontro Vocacional com os candidatos do Pré-Propedêutico. Na manhã deste domingo (18), o Arcebispo Metropolitano de Vitória da Conquista, Dom Luís Pepeu, visitou os jovens que estão no processo de acompanhamento. Os encontros são orientados pelo Pe. Frenilson, reitor do Seminário Propedêutico e Coordenador da Pastoral Vocacional. Neste ano 12 jovens, oriundos das diversas comunidades de nossa Arquidiocese estão participando do Pré-propedêutico.


Dia 18 – POSSE DO NOVO ADMINISTRADOR PAROQUIAL DA PARÓQUIA SANTA TERESINHA EM VITÓRIA DA CONQUISTA

Na manhã deste domingo, dia 18, o Arcebispo Metropolitano de Vitória da Conquista, exercendo o múnus de pastorear e zelar pelo rebanho a ele confiado, conferiu Posse Canônica ao novo Administrador Paroquial da Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus, em Vitória da Conquista, Frei Orlando Santos Oliveira, OFMCap. A Posse contou com a presença do Pe. Gerson, Vigário Regional do Vicariato São Lucas; Pe. Nilson, Reitor do Seminário Maior; e Pe. Vasco, que se recupera de uma cirurgia. Estiveram também presentes o Diác. Nailson, Seminaristas e numerosos fiéis, que com muita alegria acolhiam seu novo pastor. Dom Luís, dizia que o Evangelho deste V Domingo da Quaresma “nos convida a olhar para Jesus, a aprender com Ele, a segui-Lo no caminho do amor radical, do dom da vida, da entrega total a Deus e aos irmãos”. Ainda dirigiu algumas palavras ao novo Administrador Paroquial, exortando-o sobre sua missão de ensinar, santificar e reger.


Dia 17 – DOM LUÍS PRESIDE MISSA NAS NOVAS INSTALAÇÕES DA COMUNIDADE CANÇÃO NOVA EM VITÓRIA DA CONQUISTA

Este fim de semana marca uma nova etapa evangelizadora da Comunidade Canção Nova em Vitória da Conquista. Foi inaugurada a nova Casa de Evangelização. O evento contou com a presença do Arcebispo Metropolitano de Vitória da Conquista, Dom Luís Pepeu, na tarde deste sábado, dia 17. Antes da Santa Missa, Dom Luís presidiu o Rito de Bênção das novas instalações. A Santa Missa foi concelebrada pelo Pe. Eusébio, CN, Comunidade Canção Nova, Pe. Gerson, Vigário Regional, e o Frei Gilson, OFMCap. O evento contou também com as presenças do Diác. Nailson, Ir. Cândida e de Missionários da Comunidade Canção Nova de outras partes do país. Em sua homilia, o Metropolita assegurou: “O relato de Jeremias (11,18-20) e o Evangelho (Jo 7,40-53) podem nos ajudar a não corrermos o risco de não descobrir ou perceber a riqueza interior que as pessoas carregam em si. Às vezes corremos o risco até mesmo de rotular as pessoas, desprezando-as, não de maneira agressiva, mas quem sabe de modo disfarçado!”. No final da Celebração, a responsável pela missão, Sra. Marise, fez alguns agradecimentos.


Dia 16 – DOM LUÍS PRESIDE NOVENA DE SÃO JOSÉ EM ITAPETINGA

Dom Luís Pepeu, Arcebispo de Vitória da Conquista, presidiu Santa Missa na 7ª Noite da Novena em preparação à Festa de São José em Itapetinga, nesta sexta-feira (16). Concelebraram a Eucaristia o Pe. Rosenildo, pároco, e o Pe. Frenilson, reitor do Seminário Propedêutico. Os festejos iniciaram desde o último dia 10 e vão até o próximo dia 19, refletindo o tema: “Família: Sal da Terra! Luz do Mundo! Promovendo a Paz!”, evocando o ano arquidiocesano das famílias e o ano nacional do laicato. A celebração neste dia contou com a presença dos seminaristas propedeutas, das Irmãs dos pobres de Santa Catarina de Sena, além de inúmeros fiéis que superlotaram a igreja Matriz. O Arcebispo refletiu nesta noite o subtema: “Com São José a família, como Igreja, constrói uma nova história”, afirmando que “em nossos dias, a Igreja confia a nós o compromisso de sermos ‘Igreja em estado de missão’ da qual a vida de São José é, de fato, inspiração. Uma Igreja em saída é uma Igreja missionária”.


Dia 16 – ARCEBISPO VISITA SEMINÁRIO PROPEDÊUTICO

Na tarde deste dia 16, Dom Luís Pepeu visitou o Seminário Propedêutico Bom Pastor em Itapetinga. A visita possibilitou uma convivência fraterna, bem como um diálogo com os jovens, que iniciam a formação à vida presbiteral. Neste ano a Casa acolhe oito jovens, três desta Arquidiocese e cinco da Diocese de Bom Jesus da Lapa.


Dia 15 – POSSE DO PE. JOSELITO EM RIBEIRÃO DO LARGO

No início da noite desta quinta-feira (15), Dom Luís Pepeu, Arcebispo Metropolitano, conferiu Posse Canônica ao Revdo. Pe. Joselito Oliveira Cruz como novo Administrador Paroquial da Paróquia São João Batista em Ribeirão do Largo. A celebração contou com a presença dos irmãos no ministério: Pe. Gerson, Pe. Paulo Raimundo, Pe. Frenilson e Pe. Geneildo. Além de numerosos fiéis vindos de Vitória da Conquista e das Comunidades que formam a Paróquia. Na homilia Dom Luís recordando o Tempo Quaresmal enfatizou que “Deus nos ama a cada um e nos chama à vida plena, a verdade felicidade a nossa resposta ao chamado de Deus passa por um caminho de conversão pessoal e de identificação com Jesus”. Por fim, dirigiu algumas palavras ao Pe. Joselito, novo pastor dessa comunidade paroquial, recordando sua missão de cooperar com o Reino de Deus, especialmente no ministério que lhe é próprio, por meio dos múnus de ensinar, santificar e reger. Em seu pronunciamento, o novo administrador paroquial, manifestou a alegria de estar assumindo a paróquia.


Dia 14 – ARCEBISPO PRESIDE NOVENA DE SÃO JOSÉ EM COMUNIDADE DE ANAGÉ

Na noite desta quarta-feira, dia 14, Dom Luís Pepeu celebrou o 5º dia do Novenário em preparação à Festa de São José, na Comunidade homônima na região do Olho D’água do Vital, que faz parte da Paróquia São João Batista em Anagé. Concelebrou a Eucaristia o Pe. Luiz Cláudio, Pároco. Neste dia, o tema meditado foi: “A exemplo de São José sejamos defensores das nossas famílias”. Na homilia, o arcebispo, destacou que “o Senhor confiou a paternidade adotiva de Seu Filho a alguém capaz de exercer essa missão. Foi São José que guardou com sumo amor e contínua vigilância a sua esposa e o Filho divino; foi ele que proveu o seu sustento com o trabalho”.


Dia 14 – PROFISSÃO DE FÉ E JURAMENTO DE FIDELIDADE DOS NOVOS PÁROCOS E ADMINISTRADORES PAROQUIAIS

Conforme determina a disciplina da Igreja, aquele que é chamado a exercer um cargo em nome da Igreja deve emitir a Profissão de Fé e o Juramento de Fidelidade, segundo as fórmulas aprovadas pela Sé Apostólica. Por isso, nesta quarta-feira (14), na Capela do Santíssimo da Paróquia Nossa Senhora das Graças em Vitória da Conquista, Dom Luís Pepeu, Arcebispo Metropolitano, acolheu a Profissão de Fé e Juramento de Fidelidade dos reverendos: Mons. Uilton Pereira da Silva, Pároco da Paróquia Divino Espírito Santo (Poções); Pe. Ariosvaldo de Jesus Aragão, Pároco da Paróquia Nossa Senhora das Vitórias – Catedral (Vitória da Conquista); Pe. Geneildo Almeida Lima, Pároco da Paróquia São João Batista (Anagé); Pe. Luiz Cláudio Pereira Vieira, Pároco da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Iguaí); Pe. Joselito Oliveira Cruz, Administrador Paroquial da Paróquia São João Batista (Ribeirão do Largo); Frei Orlando Santos Oliveira, OFMCap, Administrador Paroquial da Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus (Vitória da Conquista); Pe. Antonio Gonçalves Dias, Administrador Paroquial da Paróquia Santo Antônio de Pádua (Caetanos); e Pe. Edmilson José dos Santos, Administrador Paroquial da Paróquia Nossa Senhora Imaculada Conceição (Nova Canaã).


Dia 14 – ENCONTRO DOS PADRES NOVOS COM O ARCEBISPO


O encontro do Arcebispo Dom Luís Pepeu com os novos Padres da Arquidiocese de Vitória da Conquista ocorreu neste dia 14 na Paróquia Nossa Senhora das Graças em Vitória da Conquista. Participaram do encontro os Padres que têm até 10 anos de ordenação: Pe. Antonio Gonçalves, Pe. Nilson, Pe. André, Pe. Frenilson. Pe. Geneildo, Pe. Ariosvaldo, Pe. Luiz Cláudio e Pe. Mairton. Foram refletidos alguns temas sobre a formação permanente do presbítero, contidos no “Diretório para o Ministério e a Vida dos Presbíteros”.


Dia 11 – POSSE DO NOVO PÁROCO DA PARÓQUIA SÃO PEDRO EM MACARANI

Na manhã deste domingo (11) o Arcebispo Metropolitano de Vitória da Conquista, exercendo o múnus de pastorear e zelar pelo rebanho a ele confiado, conferiu Posse Canônica ao novo Pároco da Paróquia São Pedro em Macarani, o Revdo. Pe. Irineu Moreira Meira. A Santa Missa foi concelebrada pelo Vigário Regional, Pe. Rosenildo e pelos Padres Antonio Gonçalves e Black. A Celebração contou com a presença dos Diáconos Nailson e Técio, Religiosas, familiares do novo Pároco e inúmeros fiéis, que superlotaram a igreja matriz. Na homilia Dom Luís recordou que ao celebrar o 4º Domingo do Quaresma, “celebramos o domingo da laetare, isto é, da alegria”. E muitas são as alegrias a se celebrar neste dia, afirmou o arcebispo. O metropolita ainda dirigiu algumas palavras ao novo pároco sobre sua missão de cooperador da Ordem Episcopal, no múnus de ensinar, santificar e reger. Dom Luís fez um agradecimento ao Pe. Rosenildo que acompanhou a Paróquia durante a vacância, desde o falecimento do Pe. José Carlos, em julho passado.


Dia 10 – MISSA NA COMUNIDADE SANTA LUZIA

Vivenciando o Tempo Santo da Quaresma, Dom Luís Pepeu na noite deste sábado, dia 10, celebrou a Santa Missa na Comunidade Santa Luzia que faz parte da Paróquia Catedral Nossa Senhora das Vitórias. Acompanharam o arcebispo o Diác. Técio Andrade e a Ir. Cândida. Na homilia, o arcebispo destacou que a Quaresma é tempo privilegiado para a conversão. E quando a Liturgia deste 4º Domingo do Quaresma propõe Jesus como a Luz que veio ao mundo, indica que Jesus é o “caminho da salvação, da vida plena e definitiva”.


Dia 10 – SEMINÁRIO TEOLÓGICO SOBRE O ANO DO LAICATO

Desde a noite dessa sexta-feira, dia 9, e durante o dia de hoje (10), foi realizado o Seminário Teológico sobre o Ano do Laicato na Arquidiocese de Vitória da Conquista. O evento foi realizado no auditório da Faculdade UNINASSAU e teve como assessor o Prof. Ms. Carlos Francisco Signorelli e a Sra. Marcia Signorelli, ambos membros do Conselho Nacional do Laicato do Brasil – CNLB. Durante o evento, foi aprofundado o Documento 105 da CNBB: Cristãos leigas e leigos na Igreja e na sociedade – Sal da Terra e Luz do Mundo (Mt 5,13-14).


Dia 7 – REUNIÃO DO CONSER EM SALVADOR

Entre os dias 5 a 7 de março, os bispos da Bahia e Sergipe estiveram reunidos em Salvador, participando da Assembleia do Conselho Regional NE – 3 (CONSER). O encontro teve como pauta temáticas pastorais e administrativas. Dentre as questões pastorais, os bispos fizeram um balanço das diversas ações promovidas nas dioceses por ocasião da Campanha da Fraternidade 2018 e a produção dos subsídios do Regional. Tratou-se ainda da Pastoral da Educação e o Ensino Religioso nas escolas públicas.


Dia 6 – DOM LUÍS PARTICIPA DE ENCONTRO DA COMISSÃO DOS BISPOS EMÉRITOS DA CNBB

Dom Luís Pepeu, Arcebispo Metropolitano de Vitória da Conquista e Referencial dos Bispos Eméritos do Regional NE – 3 da CNBB, participou nesta terça-feira, dia 6, da Reunião da Comissão Especial para os Bispos Eméritos da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Este encontro, além dos membros da Comissão, contou com os bispos referenciais dos regionais. Foi realizado na sede provisória da CNBB, em Brasília (DF). O grupo dedicou-se à reflexão sobre a Carta Apostólica, em forma de Motu Proprio, do papa Francisco “Aprender a despedir-se”. Também realizaram uma análise do texto “Bispo Emérito: novidade na Igreja” e por fim traçaram um panorama da situação dos bispos eméritos ao redor do país.


Dia 4 – MISSA NA IGREJA CATEDRAL

Neste III Domingo da Quaresma (04/03), Dom Luís Pepeu, celebrou a Santa Missa, Igreja Catedral Nossa Senhora das Vitórias, contando com a diaconia do Diác. Nailson e Diác. Técio, que se preparam para a Ordenação Presbiteral, no próximo dia 21/04, além de Religiosas e numerosos fiéis. Na homilia o arcebispo recordou que “neste tempo de Quaresma, somos convidados a olhar para Jesus e descobrir no seu anúncio, essa proposta de vida nova que o Pai nos apresenta”. Antes da bênção final, o Metropolita pediu a oração dos fiéis pela Reunião dos Bispos do Regional NE3 da CNBB que ocorrerá esta semana em Salvador.


Dia 3 – COLAÇÃO DE GRAU

Aconteceu na manhã deste sábado, dia 3, no Polo do Centro Universitário Clarentiano em Salvador, a Colação de Grau dos Seminaristas Lucas Conceição e Samuel Farias no Curso de Licenciatura em Filosofia. Eles concluíram os estudos filosóficos no final de 2017 no Instituto de Filosofia Nossa Senhora das Vitórias em Vitória da Conquista. O Instituto da Arquidiocese é conveniado com os Clarentianos, o que garante aos candidatos ao sacerdócio o devido diploma.