Home
 
Notícias


JULHO de 2017 Imprimir E-mail

EM JULHO ESTE SITE ESTARÁ EM RECESSO



DIZIMO: investimento na evangelização; partilha com os mais pobres; devolução a Deus!

Seja um dizimista consciente, generoso e fiel!

 
JUNHO de 2017 Imprimir E-mail

Dia 25 - ARCEBISPO CELEBRA NA IGREJA CATEDRAL


Neste domingo (25), Dom Luís Pepeu, Arcebispo Metropolitano presidiu a Santa Missa do 12º Domingo do Tempo Comum, na Igreja Catedral Nossa Senhora das Vitórias. A celebração contou com a presença do Diácono Permanente Luciano Santana, Coordenador Arquidiocesano de Pastoral. Em sua homilia, refletindo sobre as leituras do dia, o Metropolita recordou que “a Palavra de Deus aponta para os desafios em viver como discípulo, dando testemunho do projeto de Deus no mundo”. Dom Luís reiterou que “o projeto de Jesus, vivido com radicalidade e coerência, não é ‘simpático’ ao mundo, por ser um projeto radical, questionante, provocante, que exige a vitória sobre o egoísmo, o comodismo, a instalação, a opressão, a injustiça”. Ao término da celebração o Arcebispo anunciou a Ordenação Diaconal dos candidatos às Ordens Sacras, Nailson Gonçalves e Técio Andrade, para o dia 19 de agosto às 17h na Igreja Catedral, comunicou ainda sua ausência da Arquidiocese durante o mês de julho e pediu a todos que intensificassem as orações, em favor das vocações, da recuperação da saúde do Pe. José Carlos e por sua viagem.

 

Dia 24 –DOM LUÍS PRESIDE FESTA DE SÃO JOÃO BATISTA EM RIBEIRÃO DO LARGO

A Paróquia São João Batista, em Ribeirão do Largo, celebrou seu padroeiro de 15 a 24 de junho, refletindo o tema: “Com São João Batista e a Virgem Maria seguiremos Jesus”, uma referência ao Jubileu dos 300 anos da aparição da pequena imagem de Nossa Senhora Aparecida. A conclusão dos festejos contou com a presença do Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, que presidiu a Solenidade da Natividade de São João Batista. Concelebrou a Eucaristia o Frei Orlando, Administrador Paroquial. O encerramento dos festejos contou ainda com a presença dos candidatos às Ordens Sacras, Nailson e Técio. Os fiéis estavam em júbilo, pois a imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida, que está percorrendo a Arquidiocese, passou toda essa semana na cidade, visitando diversas Comunidades. Na homilia, o Arcebispo, recordou que “A Virgem Maria e João Batista foram pessoas imprescindíveis na vida e missão de Jesus Cristo. A Santíssima Virgem Maria e João Batista tiveram suas vidas unidas entre si e com o Senhor Jesus Cristo, no desígnio de salvação, pela ação da graça de Deus”. Por fim o metropolita animou a todos dizendo: “Que o Novenário e a Festa de São João Batista, possam contribuir para vivermos e celebrarmos intensamente este Ano Mariano, ajudando-nos ainda mais a crescer no fervor desta devoção e seguindo as palavras e gestos da Virgem Maria”.

Dia 21 – ARCEBISPO CELEBRA ONOMÁSTICO EM POÇÕES

No dia 21 de junho, a Igreja celebra a Memória de São Luís Gonzaga, considerado o “Patrono da Juventude” e dos “Seminaristas”. São Luís Gonzaga nasceu no ano de 1568 na Corte de Castiglione. Entrou para a Companhia de Jesus onde viveu durante seis anos. Com pouco mais de vinte anos, faleceu de uma peste que havia se espalhado em Roma. O Arcebispo, que foi batizado com este nome de Luís Gonzaga, celebrou a Memória de seu Santo Padroeiro com a comunidade paroquial de Poções, na igreja Matriz do Divino Espírito Santo, nesta quarta-feira às 19h. A celebração contou com a presença do Diácono Permanente, João Cambuí, Religiosas Medianeiras da Paz e o candidato às Ordens Sacras, Técio Andrade, além de numerosos fiéis. O Pároco, Pe. Valdo, estava em atendimento às Comunidades Rurais.

 

Dia 21– REUNIÃO DO CONSELHO DE FORMAÇÃO


Na manhã desta terça, dia 21, Dom Luís Pepeu, Arcebispo de Vitória da Conquista, se reuniu na residência episcopal com os membros do Conselho de Formação: Mons. Uilton, Vigário Geral; Pe. Nilson, Reitor da Teologia; Pe. Irineu, Reitor da Filosofia; Pe. Frenilson, Reitor do Propedêutico; Pe. Zenilton, Diretor do Instituto; Pe. Gerson, Diretor Espiritual. Dentre outros assuntos foi feita uma avaliação de cada etapa da formação neste 1º semestre de 2017, tratou dos pedidos de Ordenação Diaconal feitos pelos candidatos às Ordens Sacras, Nailson e Técio.


Dia 20 – ARCEBISPO CELEBRA ABERTURA DA NOVENA DE SÃO PEDRO EM MACARANI


A Paróquia São Pedro, em Macarani, celebra seu padroeiro de 20 a 29 de junho, refletindo o tema: “Oh! Bem Aventurada Mãe Aparecida, Estela Missionária da Evangelização... Unida a São Pedro iluminai o coração do povo brasileiro”, uma referência ao Jubileu dos 300 anos da aparição da pequenina imagem no Rio Paraíba do Sul. A abertura dos festejos contou com a presidência do Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu. O início dos festejos contou ainda com a presença do candidato às Ordens Sacras, Técio, o Seminarista Rodrigo, filho da terra, e inúmeros fiéis que lotaram a igreja matriz. Na acolhida o Arcebispo dirigiu algumas palavras sobre o estado de saúde do Pároco, Pe. José Carlos, que se encontra hospitalizado em Vitória da Conquista, e disse: “a ausência física de nosso querido Pároco é oportunidade para intensificarmos nossas orações por ele, pelo reestabelecimento de sua saúde”. Dom Luís refletiu nesta noite o subtema: “Igreja mãe e mestra: vida e missão da Igreja Doméstica”, e assegurou: “a Igreja é chamada de Mãe porque Deus a incumbiu de gerar filhos nascidos do Espírito Santo. Como Mãe ele gera e abriga, protege e educa os filhos. E como Mestra ela os orienta e forma, os evangeliza para caminharem com Jesus, rumo à casa do Pai”. Dirigindo-se às famílias exortou: “A grande missão da família é ser uma escola de fé. Os pais são os primeiros catequistas de seus filhos”.


Dia 20 – REUNIÃO DO CONSELHO PRESBITERAL


Sob a presidência do Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, esteve reunido na manhã de hoje (20), no Seminário Arquidiocesano Nossa Senhora das Vitórias, o Conselho Presbiteral da Arquidiocese de Vitória da Conquista. Após a invocação ao Divino Espírito Santo foi meditado um texto do Documento: “O Dom da Vocação Presbiteral”. Entre os diversos assuntos da pauta, constaram: futuro Centro Pastoral; Escola Diaconal; Ordenação Diaconal dos candidatos às Ordens Sacras. A reunião foi concluída com a Oração do Ano Jubilar Mariano.


Dia 19 – REUNIÃO DOS BISPOS DA PROVÍNCIA ECLESIÁSTICA DE VITÓRIA DA CONQUISTA


Estiveram reunidos na manhã de hoje (19), no Seminário São José em Caetité os bispos que integram a Província Eclesiástica de Vitória da Conquista: Dom Luís Pepeu – Arcebispo Metropolitano, Dom José Ruy – Diocese de Jequié, Dom Armando Bucciol – Diocese de Livramento de Nossa Senhora, Dom Carvalho – Diocese de Caetité e Dom João Cardoso – Diocese de Bom Jesus da Lapa. Entre os diversos assuntos da pauta, constaram: momento de oração, de partilha e avaliação da caminhada formativa dos seminaristas.


Dia 18 – CELEBRAÇÃO NA CATEDRAL METROPOLITANA

Na noite deste domingo (18), às 19h, o Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, presidiu a Santa Missa na Igreja Catedral Nossa Senhora das Vitórias, que estava repleta de fiéis. Em sua homilia, refletindo sobre os Textos Sagrados deste XI Domingo do Tempo Comum, o Metropolita recordou que a primeira leitura “nos apresenta o Deus da Aliança, que elege um povo e quer estabelecer laços de comunhão e familiaridade”. Continuando a Meditando sobre o evangelho, o Arcebispo questionou: “Qual é a missão dos discípulos de Jesus?”, e assegurou: “É lutar contra tudo aquilo que escraviza o homem e que o impede de ser feliz”.


Dia 18 – ARCEBISPO METROPOLITANO CELEBRA CRISMA EM CÂNDIDO SALES

Dom Luís Pepeu, Arcebispo Metropolitano, visitou na manhã deste domingo, dia 18, a Paróquia Nossa Senhora das Graças, em Cândido Sales. Na ocasião conferiu o Sacramento da Confirmação a um grupo de mais de 400 crismandos entre jovens e adultos. A Missa foi concelebrada pelo Pároco, Pe. Josué Vieira, pelo Pe. Robinson Martins, Vigário Paroquial e pelo Pe. Antonio Gonçalves, ordenado no último dia 20 de maio nesta paróquia. A celebração contou com a presença de inúmeros catequistas, pais, padrinhos e parentes dos crismandos, que lotaram o Ginásio de Esportes da cidade. Tomando os textos bíblicos deste XI Domingo do Tempo Comum, o Metropolita recordou que: “a missão da comunidade cristã é dar testemunho do amor gratuito de Deus pelos homens, um amor eterno, inquebrável, gratuito e absolutamente único”. Dom Luís concluiu falando dos ministérios que cada um poderá assumir, e do discernimento vocacional, ligando ao Evangelho meditado neste dia.


Dia 17 –DOM LUÍS PRESIDE FESTA DE SÃO JOÃO BATISTA EM COMUNIDADE EM VITÓRIA DA CONQUISTA

A Comunidade São João Batista, que faz parte da Paróquia Nossa Senhora de Fátima e Santo Antônio de Lisboa, em Vitória da Conquista, sob o cuidado dos Frades Capuchinhos celebrou seu padroeiro de 7 a 17 de junho, refletindo o tema: “Com a coragem de João Batista e o sim de Maria em 25 anos de história testemunhando a fé”, uma referência ao Jubileu dos 300 anos da aparição da pequena imagem de Nossa Senhora Aparecida e aos 25 anos da Comunidade no Bairro Bruno Bacelar em Vitória da Conquista. A conclusão dos festejos contou com a presença do Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, que presidiu a Eucaristia. A Santa Missa teve grande participação de fiéis, que agradeciam a Deus pelo Jubileu de Prata da Comunidade e pela restauração da capela. Em sua homilia, o Arcebispo, tomando o texto do profeta Isaías (49,1-6), recordou que “como o Servo do Senhor, João Batista foi chamado a uma missão especial, desde que foi concebido no ventre de sua mãe”. Meditando sobre o Evangelho (Lc 1,57-66.80), Dom Luís afirmou “o extraordinário evento da maternidade de Izabel prepara outro, o da maternidade de Maria. A missão de João faz-nos apreciar a de Jesus”.

Dia 17 – ENCONTRO DAS COMUNIDADES ECLESIAIS DE BASE

Com a participação de representantes das Comunidades Eclesiais de Base da Arquidiocese de Vitória da Conquista, aconteceu neste dia 17, sábado, o Encontro no Vocacionário Nossa Senhora Aparecida com o objetivo de reanimar a caminhada das CEB’s. Após a acolhida e o momento de oração do Ofício Divino sob a coordenação do Diácono Luciano Santana, Coordenador Arquidiocesano de Pastoral, foi apresentado o Pe. Carlos Barbosa Sampaio (Bebeto) como o novo Assistente Eclesiástico das CEB’s na Arquidiocese. O encontro teve a assessoria de Regina Dantas e Pe. Zenilton Dias, que refletiram sobre a caminhada das CEB’s na Arquidiocese e os desafios atuais. O encontro contou ainda com a presença do Vigário Regional do Vicariato São Lucas, Pe. Gerson; Pe. Rosenildo, Vigário Regional do Vicariato São João; Pe. Alessandro, SDV e Frei Jesulino, OFMCap. Não podendo estar presente, o Arcebispo Dom Luís enviou uma saudação através do Pe. Bebeto.

 

Dia 15 – SOLENIDADE DE “CORPUS CHRISTI” EM VITÓRIA DA CONQUISTA

Durante todo o dia desta quinta-feira de Corpus Christi, as paróquias da cidade de Vitória da Conquista, que formam o Vicariato São Lucas, estiveram em adoração do Santíssimo Sacramento. Em algumas houve a Celebração da Santa Missa, especialmente para os idosos e a 1ª Comunhão das crianças. À tarde, os fiéis se dirigiram ao Ginásio de Esportes Raul Ferraz, onde foi celebrada Solene Eucaristia, presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu. A Santa Missa foi concelebrada pelos Padres que servem neste Vicariato. A celebração contou com a presença dos Diáconos permanentes, religiosos e religiosas, seminaristas, vocacionados e uma multidão de fiéis que lotaram o Ginásio. O Metropolita acolheu a todos, recordando que “a Eucaristia é o amor maior, que se exprime mediante uma tríplice exigência: do sacrifício, da presença e da comunhão. Celebrar e participar da Ceia Eucarística é acolher Jesus Cristo, Pão vivo descido do Céu”. Na homilia, Dom Luís exortou aos presentes: “Celebrando hoje esta Solenidade, queremos renovar o nosso compromisso com Jesus na comunidade, que é sua Igreja”. Por fim o Arcebispo recordou: “Na procissão de Corpus Christi, acompanhamos o Ressuscitado no seu caminho pelo mundo inteiro. A nossa procissão termina diante da igreja Catedral no encontro com Nossa Senhora das Vitórias, evocando o Jubileu Mariano da ‘Mulher Eucarística’. Logo após a Celebração, prosseguiu-se a Procissão com Jesus Eucarístico por algumas ruas da cidade até a Catedral onde se encerrou com a Bênção do Santíssimo Sacramento e a “Jornada de Oração pelo Brasil” a pedido da CNBB.

Celebração Eucarística

Liturgia Eucarística


Procissão Eucarística



Bênção com o Santíssimo Sacramento em frente a Igreja Catedral

Jornada de Oração pelo Brasil



Dia 14 – DOM LUÍS PEPEU PRESIDE 1ª NOITE DO TRÍDUO DE SÃO JOÃO BATISTA

A Comunidade São João Batista, que faz parte da Paróquia Catedral Nossa Senhora das Vitórias, celebra seu padroeiro de 14 a 18 de junho, refletindo o tema: “Com São João Batista e a Virgem Maria, anunciemos as maravilhas de Deus”, uma referência ao Jubileu dos 300 anos da aparição da pequena imagem de Nossa Senhora Aparecida. A abertura dos festejos contou com a presença do Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, que presidiu esta primeira noite do Tríduo, refletindo o subtema: “As maravilhas de Deus no louvor e cuidado da criação”. O Arcebispo recordou as palavras do Papa Francisco: “Como eu recebo isto que Deus me deu – a criação – como um dom? E se o recebo como um dom, amo a criação, protejo a Criação?”. Por fim o metropolita animou a todos: “Que o Tríduo e a festa de São João Batista, possam contribuir para vivermos e celebrarmos intensamente este Ano Mariano, ajudando-nos ainda mais a crescer no fervor desta devoção e seguindo as palavras e gestos da Virgem Maria”.


Dia 14 – ARCEBISPO CELEBRA ENCERRAMENTO DO SEMESTRE NO SEMINÁRIO ARQUIDIOCESANO

Com uma celebração de Ação de Graças, presidida por Dom Luís Pepeu, Arcebispo Metropolitano, se concluiu o semestre letivo no Seminário Arquidiocesano Nossa Senhora das Vitórias em Vitória da Conquista, onde residem os estudantes de filosofia de nossa Arquidiocese e das Dioceses de Jequié, Livramento de Nossa Senhora e Bom Jesus da Lapa. Concelebraram, além do Reitor, Pe. Irineu, o Diretor do Instituto, Pe. Zenilton e o recém ordenado, Pe. Antonio. Participaram também da celebração Religiosas, membros da OVS (Obra das Vocações Sacerdotais), familiares e amigos do Seminário.


Dia 13 –DOM LUÍS PRESIDE FESTA DE SANTO ANTÔNIO EM VITÓRIA DA CONQUISTA

A Paróquia Nossa Senhora de Fátima e Santo Antônio de Lisboa, em Vitória da Conquista, sob o cuidado dos Frades Capuchinhos celebrou seu copadroeiro de 4 a 13 de junho, refletindo o tema: “Na alegria do Ano Mariano, imitemos Santo Antônio na devoção a Virgem Maria”, uma referência ao Jubileu dos 300 anos da aparição da pequena imagem de Nossa Senhora Aparecida e ao Centenário das aparições em Fátima. A conclusão dos festejos contou com a presença do Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, que presidiu a Solenidade Votiva de Santo Antônio. Concelebraram a Eucaristia o Frei Gilson, Pároco, Frei Aroldo, Vigário Paroquial e o Pe. Gerson, Vigário Regional do Vicariato São Lucas. O encerramento dos festejos contou ainda com assistência dos Diáconos Permanentes: Ivanderlei e Valfredo, além da presença de Religiosos e Religiosas, Seminaristas, membros da Ordem Franciscana Secular e de inúmeros devotos de Santo Antônio, que superlotaram a igreja Matriz. Em sua homilia, o Arcebispo, tomando o texto do profeta Isaías, recordou “que todo aquele que anda segundo o Espírito, nele está presente o amor de Deus, suas obras dão testemunho da Boa Nova”. Assegurou que “como Santo Antônio, cada um de nós é chamado a ser mensageiro da paz de Jesus e Ele nos ensina a levar a paz deixando de lado tudo que pesa e complica a nossa vida”. Por fim, “Ao encerrarmos a festa de Santo Antônio neste Ano Mariano, a nossa caminhada continua com a Mãe de Jesus. A Igreja deve continuar dando testemunho do Amor de Deus. Uma ‘Igreja em saída’ que compartilha a alegria do Evangelho e da esperança”, concluiu o Metropolita.


Dia 12 – ATENDIMENTO NA CÚRIA METROPOLITANA

Dom Luís Pepeu, Arcebispo Metropolitano de Vitória da Conquista, atendeu nesta tarde na Cúria Metropolitana. Várias pessoas estiveram com ele para tratar de questões pessoais e de grupos, além daquelas que visitaram o arcebispo para pedir bênção, orações e orientações.

 

Dia 11 – ARCEBISPO PRESIDE NOVENÁRIO DO CORAÇÃO DE JESUS

A Paróquia Sagrado Coração de Jesus e Santa Maria Madalena, em Maiquinique, celebra seu titular de 6 a 15 de junho. Este ano, em comunhão com a Igreja no Brasil, celebrando o Jubileu dos 300 anos da aparição da imagem de Nossa Senhora Aparecida, o novenário oportunizou o aprofundamento sobre os mistérios do Santo Terço. Neste domingo, dia 11, Dom Luís Pepeu, Arcebispo de Vitória da Conquista, presidiu a Santa Missa da Solenidade da Santíssima Trindade na 6ª noite do Novenário do Coração de Jesus, refletindo sobre: “o Batismo de Jesus”. A Missa foi concelebrada pelo Pároco, Pe. Reinaldo Tarso. A celebração contou com a presença dos candidatos às Ordens Sacras, Nailson e Técio, e inúmeros fiéis que superlotaram a igreja Matriz. Dirigindo-se aos presentes, o Metropolita, recordou que “o batismo de Jesus amplia-se na vida de cada um de nós, é um chamado à vivência da fé, a assumirmos o compromisso de servidores e consequentemente herdeiros do Reino!”. Ao termino da celebração, Dom Luís, antecipou as congratulações pela Festa do Titular e parabenizou a todos pela animação e empenho.


Dia 11 – DOM LUÍS PEPEU PRESIDE SOLENIDADE DA SANTÍSSIMA TRINDADE

Na manhã deste domingo, dia 11, o Arcebispo Metropolitano de Vitória da Conquista presidiu a Santa Missa da Solenidade da Santíssima Trindade, na Comunidade Coração de Jesus, que faz parte da Paróquia Catedral Nossa Senhora das Vitórias. Acompanharam o arcebispo, os candidatos às Ordens Sacras, Nailson e Técio. Na homilia, Dom Luís assegurou: “a Solenidade que hoje celebramos não é um convite a decifrar ou entender o mistério que está por trás de um Deus em três pessoas. É um convite a contemplar o Deus que é amor, que é família, que é comunidade e que criou os homens para os fazer comungar neste mistério de amor”.

 

Dia 10 – CRISMA EM ENCRUZILHADA

O Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, visitou na noite deste sábado, a Paróquia Nossa Senhora de Lourdes em Encruzilhada. Na ocasião conferiu o Sacramento da Crisma a um grupo de 33 crismandos entre jovens e adultos. A Missa foi concelebrada pelo Pároco, Pe. Vasco. A celebração contou com a presença dos candidatos às Ordens Sacras, Nailson e Técio, catequistas, pais, padrinhos e parentes dos crismandos que vieram das Comunidades Rurais. Tomando os Textos Bíblicos próprios para o Sacramento da Confirmação, inspirado pelo relato do profeta Isaías, o Metropolita dirigindo-se aos crismandos afirmou: “cada um é chamado a ser testemunha de Deus e sinal vivo do seu amor, da sua justiça e da sua paz”, assegurou que “já tendo sido batizados, os crismandos, irão receber a força do Espírito”, e nas palavras do Apóstolo Paulo: “difundir, por toda a parte, o bom odor de Cristo”. Dom Luís concluiu falando sobre do discernimento vocacional.


Dia 9 – ARCEBISPO PRESIDE TRÍDUO EM BELO CAMPO

Na noite desta sexta-feira, dia 9, Dom Luís Pepeu celebrou a 2ª noite do Tríduo em preparação à Festa de Santo Antônio, na Comunidade Santo Antônio, que faz parte da Paróquia São Sebastião em Belo Campo. Concelebrou a Eucaristia o Pe. Alexandre, Pároco e Vigário do Vicariato São Mateus. Acompanharam o arcebispo, os candidatos às Ordens Sacras, Nailson e Técio. Na homilia, o arcebispo, destacou que “a nossa devoção a Santo Antônio nos leve a uma concreta e real mudança de vida, proporcionando uma nova conversão, assumindo o Evangelho como regra de vida e grande força para a transformação da sociedade”.


Dia 9 – ARCEBISPO VISITA SEMINÁRIO PROPEDÊUTICO E SEMINÁRIO MAIOR

Na manhã deste dia 9, Dom Luís Pepeu, visitou o Seminário Propedêutico Bom Pastor, em Itapetinga, e o Seminário Arquidiocesano Nossa Senhora das Vitórias, onde residem os estudantes da filosofia, em Vitória da Conquista. A visita possibilitou a convivência fraterna, bem como uma conversa e partilha dos jovens com o Arcebispo.


Dia 8 – DOM LUÍS PEPEU PRESIDE NOVENA EM LOUVOR A SANTO ANTÔNIO EM ITARANTIM

Dom Luís Pepeu, Arcebispo de Vitória da Conquista, presidiu Santa Missa na 7ª Noite da Novena em preparação à Festa de Santo Antônio em Itarantim, nesta quinta-feira (8). Concelebrou a Eucaristia o Pe. Ednilton (Pe. Black), pároco. Os festejos iniciaram desde o último dia 2 e vão até o próximo dia 13, refletindo o tema: “Com Santo Antônio e a Virgem Aparecida somos chamados a ser uma Igreja Missionária, Misericordiosa e Profética”, evocando o Jubileu dos 300 anos da aparição da pequena imagem. A celebração neste dia contou com a presença dos candidatos às Ordens Sacras, Nailson e Técio, além de inúmeros fiéis que superlotaram a igreja Matriz. O Arcebispo refletiu nesta noite o subtema: “Igreja e Sociedade a serviço da promoção e da dignidade humana (justiça social e cidadania)”.


Dia 7 – ARCEBISPO SE ENCONTRA COM PADRES DE 10 A 20 ANOS DE MINISTÉRIO

Na manhã desta quarta-feira, dia 7, Dom Luís Pepeu, Arcebispo de Vitória da Conquista, se reuniu na Paróquia das Graças com os padres que contam 10 a 20 anos de ordenação. São 16 os Padres que fazem parte desse grupo. O encontro é parte integrante da formação permanente dos Presbíteros da Arquidiocese de Vitória da Conquista. O encontro iniciou com a Oração da Liturgia das Horas e uma reflexão Mariológica. Em seguida foi aprofundado o tema: “Paternidade espiritual” do “Diretório para o Ministério e a Vida dos Presbíteros”, da Congregação para o Clero. O encontro que contou também com uma partilha de experiências pastorais, foi concluído com uma oração e almoço. O próximo encontro será com os padres com mais de 20 anos de ordenação presbiteral.

 

Dias 4 e 5 – DOM LUÍS PEPEU VISITA COMUNIDADES RURAIS EM CAETANOS

Na tarde de ontem, domingo, dia 4, e na manhã desta segunda-feira, dia 5, Dom Luís Pepeu visitou algumas Comunidades Rurais da Paróquia Santo Antonio de Pádua, em Caetanos. A visita foi possibilitada por sua participação no início dos festejos do padroeiro municipal. Em cada comunidade que o Arcebispo visitava a alegria de todos era evidente. Após a apresentação feita pelo Pároco, Pe. Noel, Dom Luís rezava com os fiéis presentes, ouvia as lideranças e catequistas e a eles dirigia uma palavra de ânimo e orientação. Acompanhou o Arcebispo, o candidato às Ordens Sacras, Nailson Gonçalves.

Na tarde de domingo, dia 4, o Arcebispo visitou as seguintes Comunidades:

Comunidade São Judas Tadeu (Carrapicho)


Comunidade Nossa Senhora Imaculada Conceição (Chôco)


Comunidade Nossa Senhora Aparecida (Povoado Badú)


 

Na manhã da segunda, dia 5, o Metropolita teve a oportunidade de conhecer as Comunidades:

Comunidade Nossa Senhora Aparecida (Bonito)


Comunidade São Sebastião (Lagedo)


Comunidade Nossa Senhora Aparecida (Lagoa da Pedra)



Dia 4 – ARCEBISPO CELEBRA ABERTURA DA NOVENA DE SANTO ANTÔNIO EM CAETANOS

A Paróquia Santo Antonio de Pádua, em Caetanos, celebra seu padroeiro de 4 a 13 de junho, refletindo o tema: “Com Santo Antônio e Nossa Senhora Aparecida proclamamos as maravilhas de Cristo”, uma referência ao Jubileu dos 300 anos da aparição da pequena imagem. A abertura dos festejos contou com a presença do Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, que presidiu a Solenidade de Pentecostes e administrou o Sacramento da Crisma. Concelebrou a Eucaristia o Pe. Noel, pároco. O início dos festejos contou ainda com a presença do candidato às Ordens Sacras, Nailson Gonçalves e inúmeros fiéis, pais, padrinhos e parentes dos crismandos, que superlotaram a igreja matriz. Iniciando a homilia, o Arcebispo, recordou que ao celebrar Pentecostes, “o Dom de Deus a todos os fiéis, o Espírito que dá a vida, renova, transforma, constrói a comunidade e faz nascer a pessoa nova, o Homem Novo”. Nesta primeira noite o Metropolita refletiu o subtema: “As maravilha de Cristo numa Igreja em saída”, destacou que “a dimensão missionária da Igreja deve suscitar em cada um de nós, em cada batizado e em cada pastoral, movimento e grupos, uma forte consciência missionária, isto é, sair ao encontro das famílias, das pessoas e das comunidades para lhes comunicar a mensagem de Jesus”.

 

Dia 4 – MISSA NA COMUNIDADE CORAÇÃO DE JESUS

Concluindo o Tempo Pascal, Dom Luís Pepeu, na manhã deste domingo (4), celebrou a Santa Missa, na Comunidade Coração de Jesus, que faz parte da Paróquia Catedral Nossa Senhora das Vitórias. Acompanhou o arcebispo, o candidato às Ordens Sacras, Nailson Gonçalves. Na homilia, o arcebispo, destacou que a Solenidade de Pentecostes faz-nos reconhecer que “a comunidade cristã só existe de forma consistente, se está centrada em Jesus”. E servindo-se do pensamento de Atenágoras afirmou: “sem o Espírito Santo, Deus está distante, o Cristo permanece no passado e o Evangelho se torna letra morta. Mas com o Espírito Santo, o Cristo ressucitado está presente, o Evangelho se faz força do Reino”.


Dia 3 – DOM LUÍS CELEBRA CRISMA EM PLANALTO

O Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, visitou na noite deste sábado, Vigília de Pentecostes a Paróquia Senhor do Bonfim e Santa Rita, em Planalto. Na ocasião conferiu o Sacramento da Crisma a um grupo de mais de 300 crismandos entre jovens e adultos. A Missa foi concelebrada pelo Pároco, Pe. Mairton Marques e pelo reitor do Seminário Maior, Pe. Irineu Meira. A celebração contou com a presença dos seminaristas, inúmeros catequistas, pais, padrinhos e parentes dos crismandos, que lotaram o Ginásio de Esportes da cidade. Tomando os Textos Bíblicos desta Solenidade, o Metropolita afirmou que: “o dom da paz, dado por Cristo, significa a transmissão da serenidade, da tranquilidade, da confiança que permitirão aos discípulos superar o medo e a insegurança no anúncio da Boa Nova”. Ainda dirigindo-se aos crismandos afirmou: “pelo dom do Espírito Santo que hoje vocês recebem, serão marcados com um sinal espiritual o que torna vocês configurados com o próprio Cristo e mais perfeitamente membros da Igreja”. Dom Luís concluiu falando dos ministérios que cada um poderá assumir, e do discernimento vocacional.


Dia 3 - ARCERBISPO SE REÚNE COM O CONSELHO ARQUIDIOCESANO DE PASTORAL

Na manhã deste sábado, dia 3, na Paróquia das Graças, Dom Luís Pepeu, Arcebispo de Vitória da Conquista se reuniu com o Conselho Arquidiocesano de Pastoral. Após a chegada e Oração Inicial o Metropolita acolheu os diversos representantes das forças vivas desta Igreja Arquidiocesana. Houve uma breve partilha da caminhada pastoral dos Vicariatos. Entre os assuntos em pauta, destaca-se a organização da Assembleia Arquidiocesana, agendada para novembro. Dom Luís lembrou aos presentes algumas perspectivas da 55ª Assembleia Geral da CNBB e ainda transmitiu copiosas orientações pastorais. A reunião foi concluída com informes e a Oração Final.

 

 

Acompanhe mais notícias na barra "CANAIS", clicando em "NOTÍCIAS".

http://arquidioceseconquista.org/portal/index.php?option=com_content&view=category&layout=blog&id=64&Itemid=77

 
MAIO de 2017 Imprimir E-mail

Dia 31 – DOM LUÍS PEPEU CELEBRA ABERTURA DA TREZENA DE SANTO ANTONIO EM FEIRA DE SANTANA

Na noite desta quarta-feira, dia 31, Dom Luís Pepeu esteve em Feira de Santana a convite do Frei Mário Sérgio para presidir a Santa Missa de abertura do Trezenário em preparação à Festa do excelso padroeiro Santo Antônio de Pádua. A paróquia confiada aos cuidados dos Frades Capuchinhos é uma das mais antigas da cidade. Na acolhida, o Arcebispo de Vitória da Conquista, saudou a todos os confrades, a Comissão de Festa e os responsáveis da noite os movimentos marianos. A inauguração dos festejos coincidiu com a Festa Litúrgica da Visitação de Nossa Senhora. Em sua homilia, Dom Pepeu, recordou a importância desta Festa Litúrgica que coroa o mês de maio, mês de Maria, adentrando ao subtema da noite: “A presença de Maria restaura as famílias”, afirmou que “Deus deseja esculpir em cada lar cristão mulheres semelhantes à Maria, em sua ternura de esposa, doçura de mãe. Homens como José, que são referencias para o mundo de fidelidade, dedicação. E filhos que seguem Jesus em seu amor incondicional a Deus, no desejo de transformar o mundo e de levar a todos a grande novidade do Evangelho”. A celebração foi concluída com a coroação da imagem de Nossa Senhora, pelas crianças da catequese.

 

Dia 28 – ENCERRAMENTO DA FESTA DE NOSSA SENHORA RAINHA DA PAZ EM VITÓRIA DA CONQUISTA

A Paróquia Nossa Senhora Rainha da Paz e São Vicente de Paulo, depois de um novenário muito intenso de preparação, celebrou neste domingo (28), a festa de sua padroeira Nossa Senhora da Paz, contando com a presença e participação de um grande número de fiéis. Dom Luís presidiu a Celebração Eucarística, que aconteceu após a procissão da Imagem de Nossa Senhora Rainha da Paz pelas imediações da Igreja Matriz. O pároco Padre Valmir e o Pe. Flávio Porto, do Clero de Irecê, concelebraram a Santa Missa com o Arcebispo, que contou com a presença dos Diáconos Permanentes: Antônio Cerqueira, Antônio Sousa e Genildo Prates, das religiosas, e do candidato às Ordens Sacras, Nailson. Dom Luís saudou a todos os presentes, falando de sua grande alegria em encontrar-se ali com a Comunidade neste dia da festa de sua Padroeira, Maria que “sempre nos impressiona pela simplicidade de suas palavras repletas de amor e da misericórdia de Deus”. O tema da festa deste ano foi: “Sacramentos: fonte de vida e compromisso cristão”. Em sua homilia, o Arcebispo lembrou o que este tema “nos leva a refletir sobre o ser cristão” e perpassando os sete Sacramentos apresentou aos devotos, ali presentes, o ensino da Igreja. Dom Luís ainda recordou que “Maria, tendo vivido profundamente a Palavra de Deus, tornou-se exemplo para cada um de nós”.


Dia 28 – DOM LUÍS CELEBRA CRISMA EM POÇÕES

O Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, visitou na manhã deste domingo a Paróquia Divino Espírito Santo, em Poções. Na ocasião conferiu o Sacramento da Crisma a um grupo de quase 250 crismandos entre jovens e adultos. A Missa foi concelebrada pelo Pároco, Pe. Ariosvaldo de Jesus Aragão, e assistência dos Diáconos Permanentes: Manuel Elias e João Cambuí, além dos catequistas, pais, padrinhos e parentes dos crismandos. A Celebração situa-se no novenário em preparação à Festa do Divino Espírito Santo, no domingo próximo. Hoje, Solenidade da Ascenção do Senhor, serviu de oportunidade para o Metropolita recordar que: “no final de uma caminhada percorrida no amor, na doação e na misericórdia está a vida plena, a felicidade definitiva, a comunhão com Deus”. Ainda dirigindo-se aos crismandos afirmou: “pelo dom do Espírito Santo que hoje vocês recebem, serão marcados com um sinal espiritual o que torna vocês configurados com o próprio Cristo e mais perfeitamente membros da Igreja”. Dom Luís concluiu falando dos ministérios que cada um poderá assumir, e do discernimento vocacional.


Dia 26 – ARCEBISPO CELEBRA A ABERTURA DA NOVENA DO DIVINO EM POÇÕES

A Paróquia Divino Espírito Santo, em Poções, celebra seu titular de 26 de maio a 4 de junho, refletindo o tema: “O Espírito do Senhor descerá sobre ti” (Lc 1,35), uma referência ao Ano Mariano Nacional e Arquidiocesano. A abertura dos festejos contou com a presença do Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, em Solene Concelebração Eucarística, com Pe. Ariosvaldo, pároco, e o Pe. Antonio Gonçalves, recém ordenado. Contou ainda com a presença dos Diáconos Permanentes, João Cambuí e Manuel Elias, além das Religiosas Medianeiras da Paz e inúmeros fiéis que superlotaram a igreja matriz e os arredores. Nesta noite o Metropolita refletiu o subtema: “Família, fostes santificada pelo Espírito Santo”. Iniciando recordou que “olhando hoje para o mundo percebemos a família sendo destruída em seus valores, o divórcio sendo aderido por muitos casais como solução para os matrimônios feridos, as divisões e discórdias, as incompreensões entre pais e filhos, vida geradas fora da família, crianças privadas da proteção e do acolhimento dos seus pais, famílias sofrendo pela falta de condições mínimas para sobreviver, desempregadas. Diante desse quando, é preciso recordar as palavras de São João Paulo II: ‘Deus quer que sejas bela; que sirvas à plenitude da dignidade humana e da santidade de Cristo. Fostes santificada pelo Espírito Paráclito, para vir a ser a esperança de todas as nações”. Dom Pepeu fez o apelo: “é preciso redescobrir a beleza do matrimônio, a alegria de estar juntos, de compartilhar a vida, as vitórias, os sonhos e também de dividir as dores e decepções”.


Dia 25 – CONFERÊNCIA DA IR. LINA BOFF PARA OS LEIGOS E RELIGIOSAS

Na noite desta quinta-feira, dia 25, no Auditório do Colégio das Sacramentinas aconteceu a conferência: “Aparecida: 300 anos de romaria em prece” com a Ir. Lina Boff. O tema da conferência foi o título da última obra da professora emérita do Departamento de Teologia PUC-Rio. O evento contou com a apresentação e saudação do Arcebispo Metropolitano de Vitoria da Conquista, Dom Luís Pepeu, de diversos padres, religiosas e inúmeras representações das forças vivas da Igreja Arquidiocesana.



Dias 23-25 – ATUALIZAÇÃO DO CLERO DA ARQUIDIOCESE DE VITÓRIA DA CONQUISTA

Nos dias 23 a 25, no Convento dos Frades Capuchinhos, em Vitória da Conquista, aconteceu a “Atualização do Clero 2017 da Arquidiocese de Conquista. Participaram do encontro de formação permanente os presbíteros e diáconos permanentes. O encontro teve como assessora a religiosa, Ir. Lina Boff, professora emérita do Departamento de Teologia PUC-Rio.

O encontro teve início com a Celebração Eucarística na Matriz da Paróquia de Fátima na manhã da terça-feira, dia 23.

Missa de abertura

As atividades iniciaram com a acolhida do Arcebispo Metropolitano que, na saudação inicial afirmou: “a convivência fraterna deve ser a marca característica desse encontro”, reiterou que essa oportunidade é possibilidade para vivenciar a "alegria" de sermos irmãos. A "alegria" tem sido um dos temas preferidos do Papa Francisco”. Por fim, Dom Luís recordou que a Atualização do Clero situa-se no contexto do Ano Mariano Arquidiocesano e Nacional e que é uma “honra e alegria, neste ano poder contar com a assessoria de um renomado nome da Mariologia e da teologia, a doutora e professora Irmã Lina Boff. Para nós, continuou o arcebispo, é um privilégio, no Ano Mariano, contarmos com esta presença feminina, tão marcante, evocando a presença de tantas mulheres na Bíblia, de nossas mães e, de modo todo particular, evocando a figura de Maria.

No primeiro dia, a Ir. Lina partindo das fontes bíblicas tratou sobre a pessoa de Maria.


O Segundo dia da Atualização contou com uma reflexão sobre Maria nos Padres da Igreja. O dia foi concluído com a Santa Missa na Capela do Santíssimo Sacramento da Igreja Matriz.

As atividades do último dia da Atualização, iniciaram com a Celebração Eucarística, junto à comunidade local, na Igreja Matriz. A Ir. Lina desenvolveu neste dia sobre Maria na Tradição e nos Dogmas.

Nas considerações finais, no encerramento do encontro, Dom Luís Pepeu afirmava que ao retornar às comunidades e paróquias, onde a missão continua, os participantes estavam abastecidos pela profunda reflexão e estudo. Por fim dirigiu uma palavra de agradecimento a Irmã Lina Boff: “Para nós, realmente, foi um privilégio, no "Ano Mariano", contarmos com esta presença feminina, carismática, uma presença materna (maneira de gerar). E ainda pelo seu testemunho de vida familiar e religiosa, e sua convicção no que transmite. Sua fé profunda em Jesus Cristo, seu amor infinito a Maria, sua dedicação e amor à Igreja, são atitudes que ficam marcadas em nossos corações. Com suas sábias palavras e através das reflexões e conselhos a senhora nos animou para missão e nos encorajou a não termos "medo", mesmo diante dos desafios! Mas sempre "em comunhão com a Igreja, nunca fora da Igreja". Isso é muito bonito e significativo!”, concluiu o Arcebispo.


Encerramento

Clero da Arquidiocese de Vitória da Conquista


Dia 21 – ARCEBISPO PRESIDE MISSA DE ENCERRAMENTO DO I SEMINÁRIO ARQUIDIOCESANO DE DOUTRINA SOCIAL DA IGREJA EM VITÓRIA DA CONQUISTA

Por volta do meio dia, o Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, presidiu a Santa Missa de Encerramento do I Seminário Arquidiocesano de Doutrina Social da Igreja na Capela Nossa Senhora de Guadalupe e Ir. Dulce. A celebração contou com a presença do Diác. Luciano, Coordenador Arquidiocesano de Pastoral, de diversas religiosas e números fiéis participantes do Seminário. Na homilia, o metropolita perpassando os textos bíblicos e servindo-se da ocasião do Seminário afirmava: “uma comunidade cristã é uma comunidade onde se manifesta a comunhão com Jesus e a comunhão com todos os outros irmãos e irmãos que partilham a mesma fé. É na comunhão com os irmãos, é no amor partilhado, é na consciência de que fazemos parte de uma imensa família que caminhada animada pela mesma fé, e preocupada com os pais pobres que se manifesta a vida do Espírito”.


Dia 21 – PE. ANTONIO GONÇALVES PRESIDE PRIMEIRA MISSA

No alvorecer deste domingo, dia 21, na Igreja Matriz da Paróquia Nossa Senhora das Graças em Cândido Sales – BA, o neossacerdote Pe. Antonio Gonçalves presidiu sua primeira Missa. Concelebraram a Eucaristia alguns padres da Arquidiocese e outros de Belo Horizonte e Jequié. A celebração contou com a presença de várias religiosas, seminaristas da Teologia, que residem em BH, e do Propedêutico, bem como numerosos amigos e familiares do reverendo padre, que vieram de diversas localidades para participar da sua Ordenação Presbiteral. A homilia foi proferida pelo Pe. Frenilson, reitor do Seminário Propedêutico, partindo dos textos bíblicos da liturgia do VI Domingo da Páscoa, ele assegurou: “a resposta da vocação é a missionariedade. A vocação espera que vamos às samarias da vida, para falar de Jesus, sobretudo a partir do nosso testemunho, da nossa convicção evangélica, através do nosso entusiasmo de sermos no mundo um outro Cristo”.

 

Dia 20 – ORDENAÇÃO PRESBITERAL DO DIÁCONO ANTONIO GONÇALVES EM CÂNDIDO SALES

Dia de júbilo e alegria. São as palavras que manifestam esta singular data na vida da Arquidiocese de Vitória da Conquista, que após quase 4 anos sem Ordenação Sacerdotal, contou com este importante momento. Dom Luís Pepeu ordenou presbítero o Diác. Antonio Gonçalves Dias. A celebração teve lugar às 16h, deste sábado, dia 20 de maio, no Ginásio de Esportes Celso Gomes Porto na cidade de Cândido Sales – BA.

Entrada de Dom Luís Pepeu com o Diác. Antonio

A Concelebração Eucarística contou com a ilustre presença de Dom Estevam Santos, bispo auxiliar da Arquidiocese de São Salvador da Bahia, além de numerosos padres do clero arquidiocesano e religioso, além de sacerdotes outras Igrejas Particulares (Livramento de Nossa Senhora, Caetité, Jequié, Feira de Santana e Belo Horizonte). Participaram também do Ato Litúrgico, diáconos, religiosas, seminaristas, vocacionados e abundantes caravanas de várias regiões da Arquidiocese e de outros estados, que se uniram em oração agradecendo ao Senhor da Messe, por ter enviado mais um servidor.

O metropolita em sua acolhida destacou que: “Nós nos alegramos com este nosso estimado irmão Antonio, com sua família, com esta paróquia e com a Igreja que recebe hoje este novo sacerdote para pregar o Evangelho, apascentar os fiéis e celebrar o culto divino, como verdadeiro sacerdote do Novo Testamento”. O clima de silêncio e oração permeou toda a celebração onde atentos, os inúmeros fiéis participaram da Celebração dos Sagrados Mistérios.

Ritos Iniciais da Sana Missa


Liturgia da Palavra

Eleição

Homilia


Ainda na homilia, o Arcebispo destacou o lema ministerial do novo padre: “Para dar testemunho do Evangelho da graça de Deus” (cf. At 20,24) e recordou as palavras do Papa Francisco: “Evangelizar não é se vangloriar, mas testemunhar a fé com a vida”.  Dom Luís ainda rememorou que “o Sacerdote é aquele que deve animar a Igreja por sua vida e missão, e que este ministério se expressa basicamente em três grandes dimensões”: O primeiro aspecto consiste no “anúncio da Palavra de Deus para que desperte a fé, para que a fé seja formada, para que a pessoa que se abre a Deus creia firmemente, produza frutos da fé”. A “segunda grande dimensão da vida da Igreja e que o sacerdote assume em primeira pessoa para animar a vida e a missão da Igreja é a dimensão santificadora. O sacerdote é chamado a exercer, em Cristo, a função de santificar”. Por fim, “A terceira dimensão da vida e da missão da Igreja que é confiada ao Sacerdote é a dimensão pastoral, dimensão da caridade, de Cristo Pastor, o Bom Pastor que se interessa pelo cuidado das ovelhas, que vai atrás, que cuida, e olha pelo bem das ovelhas”.

Propósito do Eleito

Ladainha

Imposição das mãos

Prece de Ordenação

Imposição das vestes sacerdotais

Unção das mãos com o Santo Crisma

Primeira bênção do neosacerdote

Entrega do Pão e do Vinho

Acolhida do novo membro do presbitério


Momento singular e de grande emoção aconteceu quando o Pe. Tobias, decano da Arquidiocese, limitado pela fragilizada saúde, foi acolher o mais novo padre. A comoção perpassou o coração dos presentes. Ali, diante dos olhos de todos estava a experiência e a vida doada em quase 35 anos de ministério e um que apenas está iniciando a missão.

Apresentação das oferendas

Oração Eucarística

Rito da Comunhão

Alocução do neosacerdote

Bênção Final

Dom Luís Pepeu e Pe. Antonio Gonçalves



Dia 20 – ENCONTRO DA EQUIPE DE FORMAÇÃO

Na manhã deste sábado, dia 20, Dom Luís Pepeu, Arcebispo de Vitória da Conquista, se reuniu na residência episcopal com os membros da Equipe de Formação: Mons. Uilton, Vigário Geral; Pe. Nilson, Reitor da Teologia; Pe. Irineu, Reitor da Filosofia; Pe. Frenilson, Reitor do Propedêutico; Pe. Zenilton, Diretor do Instituto; Pe. Gerson, Diretor Espiritual. Dentre outros assuntos foi feita uma avaliação de cada etapa da formação neste 1º semestre de 2017.


Dias 20 – I SEMINÁRIO ARQUIDIOCESANO DE DOUTRINA SOCIAL DA IGREJA EM VITÓRIA DA CONQUISTA

Aconteceu nesta manhã de sábado (20) a abertura do I Seminário Arquidiocesano de Doutrina Social da Igreja, no auditório do Colégio Modelo em Vitoria da Conquista. O encontro conta com a assessoria da Prof.ª. Rosana Manzini, docente da PUC-SP e UNISAL, além de Coordenadora Geral da REDLAPSI (Rede Latinoamericana do Pensamento Social da Igreja). Na manhã deste sábado a professora apresentou os “Conceitos fundamentais da Doutrina Social da Igreja”, à tarde refletiu sobre “A Doutrina Social da Igreja no Magistério Recente: Continuidade e Desafios”. Amanhã, domingo, acontecerá a Conferência: “DSI na América Latina: Desafios Contemporâneos e compromissos”. Diversos membros das Pastorais Sociais Arquidiocesanas, além dos representantes das diversas paróquias participam deste rico momento de reflexão.


Dia 19 – TRÍDUO EM PREPARAÇÃO À ORDENAÇÃO PRESBITERAL DO DIÁCONO ANTONIO GONÇALVES

Aconteceu entre os dias 17 a 19, na Paróquia Nossa Senhora das Graças em Cândido Sales – BA, um Tríduo preparatório à Ordenação Presbiteral do Diác. Antonio Gonçalves Dias. Este momento forte de oração foi uma oportunidade para refletir sobre a importância da oração, a vocação, a espiritualidade do padre e o testemunho de Maria Santíssima.

A 1ª noite teve por tema: “Vocação, resposta de uma comunidade que ora”. Mons. Uilton, Vigário Geral e Pároco da Catedral presidiu essa noite, na Comunidade Santa Luzia. A 2ª noite foi presidida pelo Pe. Ednilton (Pe. Black), pároco de Itarantim, na Comunidade São João Batista e teve por tema: “O padre e o seguimento ao Bom Pastor”. Por fim, esta última noite do Tríduo foi presidida pelo Pe. Frenilson, reitor do Seminário Propedêutico, que meditou sobre: “Maria, modelo de vocacionada”. Esta noite teve lugar na Igreja Matriz, com a participação especial do S.A.V. (Serviço de Animação Vocacional) da Arquidiocese.



Dia 19 – REUNIÃO DOS VIGÁRIOS REGIONAIS COM O ARCEBISPO

Na tarde desta sexta-feira (19), Dom Luís, contando com a presença do Vigário Geral, Mons. Uilton, presidiu a reunião com os Vigários Regionais, a saber: Pe. Ariosvaldo, Vicariato São Marcos; Pe. Alexandre, Vicariato São Mateus; Pe. Gerson, Vicariato São Lucas; Pe. Rosenildo, Vicariato São João. A reunião teve a finalidade de completar a proposta de programação do Encontro de Atualização do Clero.

 

Dia 15 – DOM LUÍS PEPEU CELEBRA NO NOVENÁRIO DE SANTA RITA EM ITABUNA

Tendo como Tema Central:  “Santa Rita e a Devoção Mariana”, começou no último sábado dia 13, e segue até o dia 22, o Novenário em preparação à festa de Santa Rita de Cássia, padroeira da Paróquia homônima em Itabuna, sob o pastoreio dos Frades Capuchinhos da Província de Bahia e Sergipe. Hoje, dia 15, 3ª noite do novenário com a igreja matriz repleta de fiéis, o Arcebispo de Vitória da Conquista Dom Luís Pepeu presidiu a Missa e refletiu sobre o tema: "Santa Rita e Maria, protagonistas da Palavra de Deus", destacando que “Santa Rita tornou-se protagonista da Palavra de Deus, vendo também em Maria: ‘aquela que acolhe a Palavra de Deus, aquela que acredita na Palavra de Deus, aquela que medita na Palavra de Deus, aquela que medita a Palavra de Deus em seu coração; aquela que caminha na fé’”.


Dia 14 – ARCEBISPO CELEBRA “DIA DAS MÃES” NA CATEDRAL

Celebração Eucarística

Juramento de Fidelidade

Bênção dos Paramentos, Cálice e Patena

Na noite deste domingo (14), Dom Luís Pepeu, Arcebispo Metropolitano, presidiu a Eucaristia na igreja catedral Nossa Senhora das Vitórias. neste 2º domingo de maio, mês de Maria, também se celebra o “Dia das Mães”. Em suas palavras iniciais Dom Luís convidou a todos a “agradecer e meditar sobre a gratuidade do amor materno, expressão viva do amor de Deus”. Na homilia, o metropolita perpassou os diversos eventos celebrados neste dia: o mês mariano, o dia das mãe e a liturgia deste 5º domingo da páscoa, que aponta a Igreja como “comunidade dos discípulos que seguem o ‘caminho’ de Jesus”, caminho este que convida a “morte para si mesmo, afim de que nasça o Homem Novo”. Após a Profissão de Fé o Diác. Antonio, que se prepara para a Ordenação Presbiteral no próximo sábado, dia 20, emitiu o Juramento de Fidelidade. Esse ato faz parte da preparação imediata para a Ordenação. No fim da celebração foram abençoados os paramentos que o futuro padre irá utilizar, bem como o cálice e a paterna, isto para significar que se destinam unicamente ao culto divino. Por fim, Dom Luís renovou os votos de felicitações às mães, presentes na Catedral Metropolitana.


Dia 13 – FESTA EM LOUVOR A NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

A Paróquia Nossa Senhora de Fátima e Santo Antônio de Lisboa está em Festa! Centenas de fiéis participaram da Missa Festiva em louvor à Padroeira de sua Paróquia. A celebração foi presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, que refletiu em sua homilia os “100 anos das aparições de Fátima”, referindo-se também ao Jubileu Mariano, vivenciado aqui no Brasil e em Portugal. A Eucaristia foi concelebrada pelo Pároco, Frei Gilson Marinho, Frei Liomar Pereira, Ministro Provincial, e demais Frades que compõem a Fraternidade local, como também pelo Pe. Valmir. Participaram ainda os Diáconos Permanentes: Ivanderlei, Luciano e Valfredo, além da  presença de várias Religiosas, estiveram também lá seminaristas e vocacionados.


Dia 12 – ATENDIMENTO NA CÚRIA METROPOLITANA

Na tarde deste dia 12 o Arcebispo Metropolitano de Vitória da Conquista, Dom Luís Pepeu, atendeu na Cúria Metropolitana. Várias pessoas estiveram com ele vindas de grupos, movimentos e comunidades, além das que foram pedir bênção, oração e aconselhamento.

 

Dia 9 – ENCONTRO DOS PADRES NOVOS COM O ARCEBISPO

Na manhã desta terça, dia 9, Dom Luís Pepeu, Arcebispo de Vitória da Conquista, se reuniu na residência episcopal com os padres mais novos de ordenação. São 9 os Padres ordenados a menos de 10 anos. O encontro é parte integrante da formação permanente dos Presbíteros da Arquidiocese de Vitória da Conquista. Dentre outros, foi estudado o tema: “paternidade espiritual” do “Diretório para o Ministério e a Vida dos Presbíteros” da Congregação para o Clero. O encontro iniciado com uma oração, contou também com uma partilha de experiências pastorais e foi concluído também com uma oração e almoço.

 

Dia 7 - CRISMA NA PARÓQUIA DE FÁTIMA EM VITÓRIA DA CONQUISTA


Na manhã deste domingo (7), o Arcebispo de Vitória da Conquista presidiu a Eucaristia na Igreja Matriz de Nossa Senhora de Fátima e Santo Antônio de Lisboa, sendo concelebrada pelo Pároco Frei Gilson Marinho e tendo a assistência do Diácono Permanente Ivanderlei. Na ocasião, Dom Luís conferiu o sacramento da Crisma a um grupo de 130 jovens e adultos das diversas comunidades urbanas e algumas rurais da Paróquia. Na homilia, refletindo sobre a Liturgia da Palavra deste IV Domingo da Páscoa, conhecido como “Domingo do Bom Pastor”, o metropolita recordou a leitura dos Atos dos Apóstolos que “traça, de forma bastante completa, o percurso que Cristo, ‘o Bom Pastor’, desafia os homens a percorrer: é preciso converter-se, ser batizado e receber o Espírito Santo”. Ainda dirigindo-se aos crismandos afirmou: “vocês deverão ser diante do mundo testemunhas da paixão e ressurreição, de tal modo que a sua vida, como diz o Apóstolo, difunda, por toda parte o bom odor de Cristo. O seu Corpo Místico, que é a Igreja, povo de Deus, recebe dele os diversos dons”. Dom Luís concluiu falando dos ministérios que cada um poderá assumir, e discernir sua vocação, especialmente neste dia que se celebra o “Dia Mundial de Oração pelas Vocações”.


Dia 06 – ARQUIDIOCESE ACOLHE IMAGEM PEREGRINA DE NOSSA SENHORA APARECIDA

Acesse pelo link: http://arquidioceseconquista.org/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=221:arquidiocese-acolhe-imagem-peregrina-de-nossa-senhora-aparecida&catid=64:noticias&Itemid=77

 
ARQUIDIOCESE ACOLHE IMAGEM PEREGRINA DE NOSSA SENHORA APARECIDA Imprimir E-mail

O dia 6 de maio entrará para a história na memória e no coração do povo de Deus da Arquidiocese de Vitória da Conquista. Neste dia feliz foi acolhida nas terras da Senhora das Vitórias, a pequenina imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida.

CHEGADA

Pouco antes das 14h, o Arcebispo Metropolitano Dom Luís Pepeu, desembarca no aeroporto da cidade de Vitória da Conquista conduzindo a mais nobre tripulante daquele voo, a imagem de Nossa Senhora Aparecida. No saguão do aeroporto centenas de fieis já aguardavam ansiosos a chegada da imagem, em clima de muita alegria, fé e emoção, com cantos e orações marianas. Quando a multidão avistou o arcebispo conduzindo a imagem foi grande a comoção, entre cantos, aplausos e vivas. O metropolita conduzia a imagem até o carro dos bombeiros para dar início a uma carreata.


Entronizada num pequeno andor, em forma de barco, sobre o carro dos bombeiros, a imagem peregrina saiu em carreata pelas principais vias da cidade conquistense, indo em direção à igreja-mãe da Arquidiocese, a Catedral Nossa Senhora das Vitórias. Fogos e animação acompanharam todo o trajeto até a chegada à Catedral, onde um outro numeroso grupo de fiéis já a aguardavam para a celebração de acolhida.

Pelas ruas da cidade

Chegando na igreja catedral

Chegando na igreja catedral


CELEBRAÇÃO DE ACOLHIDA

A imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida foi conduzida na Catedral Metropolitana pelos representantes das Pastorais Sociais presentes na Arquidiocese. Foi grande a emoção também nesse momento. O Arcebispo Dom Luís Pepeu iniciou a celebração de acolhida recitando o “Regina Coeli”. Crianças, jovens, casais, assistidos pelas Pastorais Sociais também participaram do momento celebrativo que foi concluído com um Ato de entrega a Nossa Senhora Aparecida.


Concluída a celebração, a imagem foi reconduzida ao carro de bombeiros e seguiu para o Colégio Nossa Senhora de Fátima (Sacramentinas), onde caravanas das diversas paróquias da Arquidiocese a aguardavam para iniciar a grande procissão em direção ao Estádio Municipal Lomanto Júnior, local da celebração de uma Santa Missa.

A chegada da imagem no Estádio foi realizada com muito júbilo, numa emoção que contagiava a todos os presentes.


PROCISSÃO E MISSA

Às 17h deu-se início a grande procissão com a imagem peregrina da Rainha e Padroeira do Brasil, onde uma multidão incalculável de fiéis participava cantando e louvando a Deus por graça tão imensa em conceder uma Mãe do céu. Ao chegar ao Estádio Lomanto Júnior, onde centenas de fiéis já aguardavam a imagem peregrina, deu-se início a celebração. Com uma apresentação teatral, narrando a história desde quando a imagem foi encontrada até receber o título de Padroeira da nação brasileira, a pequenina imagem foi entronizada no espaço celebrativo. A multidão dos fiéis e devotos vibrava, cantando e louvando a Mãe de Deus e nossa.


Após a entronização da imagem, Dom Luís realizou o lançamento do livro: “Ano Mariano 2017”, um opúsculo sobre a peregrinação da imagem de Nossa Senhora Aparecida na Arquidiocese de Vitória da Conquista. Nele encontra-se uma vasta e rica programação a ser vivida e celebradas pelos grupos, movimentos, pastorais, comunidades e paróquias ao longo do Ano Mariano. Além de celebrações, o livro traz formação mariológica, cantos e diversas orações marianas. Concluindo o lançamento do livro, o metropolita assinou e entregou um opúsculo ao Vigário Geral e a cada um dos Vigários Regionais, a uma religiosas e um leigo, representando as forças vivas da animação pastoral arquidiocesana.


Entronização da imagem peregrina

Lançamento do livro


A Missa foi concelebrada pelos presbíteros da Arquidiocese, e contou com a participação dos Diáconos, religiosas e diversos seguimentos da Arquidiocese. Na homilia, Dom Luís Pepeu, enfatizou: “hoje nos alegramos, estamos em festa, porque a Mãe de Nosso Salvador veio nos visitar. Ela é a Mãe de Jesus e é também a nossa Mãe”, e fez um apelo dizendo “voltemos o nosso olhar para Ela, a Mãe de Jesus, para que sejamos seus discípulos missionários, seguindo seu exemplo no modo de falar e de acolher; no modo de se doar e servir”.

Incensação e Homilia

Multidão de fiéis no estádio

Antes da conclusão da celebração foi realizada uma Consagração a Nossa Senhora, momento de singular emoção e demonstração de fé, portando velas nas mãos todos rezavam, colocando sua vida sob os auspícios da Senhora de Aparecida. Concluído este momento, o Arcebispo oficializou o rito de envio da imagem peregrina à Paróquia Senhor do Bonfim e Santo Antonio em Barra do Choça, dando início a peregrinação que percorrerá, até o fim do ano, todas as demais paróquias da Arquidiocese.

Consagração a Nossa Senhora

Envio da imagem peregrina


Fé e emoção foram palavras mestras deste dia que marca a história da Arquidiocese de Vitória da Conquista. Até o clima da cidade, que se encontrava chuvoso nos últimos dias, deu lugar ao lindo sol que, brilhante, acolheu Àquela que é vestida de sol.


 
ABRIL de 2017 Imprimir E-mail

NOTÍCIAS

Dia 29 – ARCEBISPO DE VITÓRIA DA CONQUISTA RECEBE A IMAGEM PEREGRINA DE NOSSA SENHORA APARECIDA

Recepção da imagem no Santuário Nacional

Na sacristia

Na manhã desde sábado (29), o Arcebispo Metropolitano de Vitória da Conquista, Dom Luís Pepeu, recebeu a imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida no Santuário Nacional em Aparecida, São Paulo. Após a Santa Missa com todos os bispos participantes da 55ª Assembleia Geral da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), o reitor do Santuário Nacional, Pe. João Batista de Almeida, entregou a diversos bispos a imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida, iniciando pela Arquidiocese de Vitória da Conquista. Com Dom Luís Pepeu estavam presentes quatro sacerdotes e cerca de 300 pessoas da Arquidiocese de Vitória da Conquista. A imagem peregrina de Nossa Senhora chegará a Vitória da Conquista no próximo dia 6 de maio, quando iniciará uma peregrinação a todas as paróquias da Arquidiocese.


MOMENTO DEVOCIONAL COM A IMAGEM PEREGRINA DE NOSSA SENHORA EM APARECIDA, SÃO PAULO

 

 

Após a Santa Missa e recepção da imagem peregrina, nas escadarias do Santuário Nacional, o arcebispo Dom Luís Pepeu se encontrou com as diversas Romarias, oriundas das paróquias da Arquidiocese de Vitória da conquista, para uma saudação e breve momento de oração. Além dos 300 peregrinos, participaram também o Vigário Geral da Arquidiocese, Mons. Uilton, o Pe. Gerson, Vigário Regional do Vicariato São Lucas, o Pe. Alessandro, Pároco de Candeias e o reitor do Seminário Maior, Pe. Irineu.


Dia 26 – ARCEBISPO DE VITÓRIA DA CONQUISTA PARTICIPA DA 55ª ASSEMBLEIA DA CNBB

Dom Luís Pepeu participa, juntamente aos demais bispos do Brasil, da Assembleia da CNBB, que tem como tema central: “Iniciação à vida cristã no processo formativo do discípulo missionário de Jesus Cristo”. A cerimônia de abertura da 55ª Assembleia Geral da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) aconteceu na manhã desta quarta-feira (26) no Centro de Eventos Padre Vitor Coelho de Almeida em Aparecida (SP), onde acontece a maior parte dos trabalhos dos bispos durante esses dias. Compuseram a mesa, o reitor do Santuário Nacional, padre João Batista de Almeida; o prefeito de Aparecida, Ernaldo Cesar Marcondess; o arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes; a presidência da CNBB, Dom Sérgio da Rocha, Dom Murilo Krieger e Dom Leonardo Steiner e o núncio apostólico do Brasil Dom Giovanni d’Aniello. Com palavras de acolhida o reitor do Santuário Nacional cumprimentou os bispos e desejou que os trabalhos da Assembleia apresentem sinais de esperança ao povo brasileiro. O núncio apostólico, Dom Giovanni D’Aniello disse que está mais uma vez em comunhão com a Assembleia da CNBB e coloca em suas orações os trabalhos dos bispos. Os trabalhos dos bispos seguiram nesta quarta-feira em plenárias fechadas ao público.

 

Dia 23 – DOM LUÍS CELEBRA O DOMINGO DA MISERICÓRDIA EM POÇÕES


Às 19h deste dia 23, Segundo Domingo da Páscoa e Domingo da Divina Misericórdia, o Arcebispo Metropolitano de Vitória da Conquista, presidiu a Celebração Eucarística na Igreja Matriz da Paróquia Divino Espírito Santo, em Poções. A Santa Missa teve a assistência dos Diáconos permanentes: João Cambuí e Manuel Elias. Participaram da Celebração inúmeros fiéis, que lotaram a matriz, estiveram também presentes as Religiosas Medianeiras da Paz e o Chanceler da Cúria Metropolitana. Dom Luís, tomando o texto bíblico do Evangelho (Jo 20,19-31) destacou que “a comunidade cristã gira em torno de Jesus e se constrói à volta d’Ele, onde se recebe vida, amor e paz”, enfatizou que “sem Jesus, seremos incapazes de encontrar a vida em plenitude”.


Dia 23 – ARCEBISPO CELEBRA O 2º DOMINGO DA PÁSCOA NA IGREJA CATEDRAL

Na manhã deste domingo (23), às 8h, Dom Luís Pepeu, Arcebispo Metropolitano, presidiu a Santa Missa na Igreja Catedral Nossa Senhora das Vitórias, que estava repleta de fiéis. Em sua homilia, refletindo sobre o Domingo da Misericórdia, o metropolita recordou que a Liturgia deste dia, orienta o olhar para a “comunidade nova que nasce da cruz e da ressurreição de Jesus, que nasce da Páscoa e do Pentecoste”, essa nova comunidade “é a Igreja”, cuja “missão é revelar ao mundo a vida nova que brota da ressurreição”. A celebração contou com a assistência do Diác. Antonio Gonçalves, que se prepara para a Ordenação Presbiteral, além da presença das Monjas da Ordem da Anunciação, e dos candidatos às Ordens Sacras, Nailson e Técio.


Dia 22 – DOM LUÍS PRESIDE CELEBRAÇÃO PASCAL DO SEMINÁRIO MAIOR

Na tarde deste sábado da oitava da Páscoa, dia 22, o Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, presidiu a Santa Missa no Seminário Arquidiocesano Nossa Senhora das Vitórias. Concelebraram os senhores reitores: Pe. Irineu Moreira Meira, reitor do Seminário Maior, e Pe. Frenilson da Conceição Brito, reitor do Seminário Propedêutico. A celebração contou com a presença de religiosas, diversas representações da OVS (Obra das Vocações Sacerdotais), das várias paróquias da Arquidiocese, além de professores, colaboradores do Seminário, familiares e amigos. O clima de alegria e serenidade permeou esse momento fraterno. O Seminário Arquidiocesano este ano conta com 6 jovens da Arquidiocese, e acolhe 4 jovens da Diocese de Jequié, 2 da Diocese de Livramento de Nossa Senhora e 2 da Diocese de Bom Jesus da Lapa. Todos eles cursam a etapa filosófica. Os seminaristas propedeutas são 4 neste ano e residem em Itapetinga.

 

Dia 19 - PAPA FRANCISCO NOMEOU BISPO O PE. JOSÉ IONILTON, SDV

O Papa Francisco nomeou, nesta quarta-feira (19) o Pe. José Ionilton Lisboa de Oliveira, SDV, Bispo Prelado da prelazia territorial de Itacoatiara, no estado do Amazonas. O vocacionista, Pe. Ionilton, nasceu em 9 de março de 1962 em Araci-BA. Ingressou no Vocacionário da Congregação Sociedade das Divinas Vocações (Vocacionistas) em Vitória da Conquista no ano de 1984. Estudou Filosofia no Instituto de Filosofia Nossa Senhora das Vitórias, em Vitória da Conquista, entre os anos 1986 a 1987. No exercício de seu ministério, desempenhou várias atividades também em Vitória da Conquista: Animador e Educador vocacional dos Vocacionados e Noviços, e Vigário Paroquial da Paróquia Nossa Senhora Aparecida de 1995 a 2000, e de 2005 a 2008. Foi também membro do Conselho Presbiteral da Arquidiocese de Vitória da Conquista em 2005. Como Superior Provincial, veio muitas vezes a Vitória da Conquista para visita aos seus confrades em Conquista e Itambé.

 

Dia 16 – ARCEBISPO PRESIDE SOLENIDADE DE PÁSCOA NA IGREJA CATEDRAL

No gaudioso dia da Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo, o Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, presidiu a Solenidade Pascal na igreja-mãe da arquidiocese, a Catedral Metropolitana. Num clima de imensa alegria e júbilo, os fiéis que ali acorreram, louvavam e agradeciam a Deus por tão grande mistério, o centro da fé cristã: a Ressurreição. O Metropolita enfatizou que “a ressurreição de Jesus é consequência de uma vida empenhada em fazer o bem e em libertar os oprimidos” e convidou a todos para se esforçarem a “vencer o egoísmo, a mentira, a injustiça”, afim de permitir “triunfar o amor”, assim sendo, “está ressuscitando”. Além dos numerosos fiéis, a Celebração contou com a assistência do Diác. Antonio Gonçalves, que se prepara para a Ordenação Presbiteral, e das Religiosas da Ordem da Anunciação.

 

Dia 15 - VIGÍLIA PASCAL NA CATEDRAL

A celebração da Vigília Pascal, a mais importante de todas as celebrações, também conhecida como "mãe de todas as vigílias", teve início às 19:30h na praça Joaquim Correia, ao lado da Catedral, onde estavam reunidos os fiéis para o Solene início da Vigília, ou Celebração da Luz, com bênção do fogo, a preparação do Círio Pascal e a procissão. Após ingressar na igreja Catedral foi realizada a Proclamação da Páscoa, com o belo e antiquíssimo hino “Exsultet”, chamado de Precônio Pascal; após essa primeira parte da Vigília, foi iniciada a Liturgia da Palavra, segunda parte, onde foram lidos os Textos Sagrados que narram como o Senhor Deus agiu na História da Salvação. Na homilia Dom Luís do significado da Páscoa para nós hoje: “A Páscoa, disse ele, não é apenas uma comemoração do passado. Cada festa Pascal deve ser um apelo de Deus, que nos admoesta a morrermos com Cristo, a nos separarmos do homem velho, a fim de nos revestirmos do homem novo e ressurgirmos para uma vida na graça e na santidade”; logo em seguida iniciou a terceira parte da Vigília, isto é, a Liturgia Batismal, nesta noite foram batizados 5 novos irmãos adultos, essa prática remonta aos primeiros séculos da Igreja, batizar os catecúmenos no dia em que se celebra a vitória de Cristo sobre a morte; por fim, iniciou a Liturgia Eucarística, o banquete que o Ressuscitado oferece-se a si mesmo como Alimento para a Vida Eterna. Ao concluir a Solenidade, houve a procissão com a imagem do Cristo Ressuscitado.

Solene Início da Vigília (Praça Joaquim Correia)

Preparação do Círio Pascal

Procissão

Ingresso do Círio Pascal na Igreja Catedral e Precônio Pastal

Liturgia da Palavra

Liturgia Batismal

Procissão com a imagem do Senhor Ressuscitado



Dia 14 – SEXTA-FEIRA SANTA, CELEBRAÇÃO DA PAIXÃO DO SENHOR

Na igreja Catedral a Ação Litúrgica da Sexta-Feira Santa teve início às 15 horas. Foi presidida por Dom Luís Pepeu, Arcebispo Metropolitano. Participaram da Celebração o Mons. Uilton, Pe. Gildeir e os Diáconos: Antonio Gonçalves, Luciano Santana e José Dias. A celebração de hoje é composta de três partes: Liturgia da Palavra, Adoração da Cruz e distribuição da Eucaristia. Os celebrantes, em silêncio, aproximaram-se do altar e ajoelharam-se por uns instantes, bem como os fiéis que lotavam a Catedral, na homilia, Dom Luís recordou que “o segredo da cruz é o amor”, ali se dá a “revelação máxima do amor, pois não há modo mais verídico de expressar o amor do que dar a vida por aqueles a quem se ama”. Ao termino da Ação Litúrgica foi realizada a tradicional procissão com as imagens do Cristo morto e de Nossa Senhora das Dores, sendo concluído este momento devocional na Catedral.

Ritos Iniciais

Leitura da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo

Apresentação da Santa Cruz

Adoração da Santa Cruz


Dia 14 - VIA-SACRA PARA O CRUZEIRO EM VITÓRIA DA CONQUISTA

Como vem ocorrendo nos últimos anos, mais uma "Via Crucis" foi celebrada ao raiar desta Sexta-Feira Santa em Vitória da Conquista, iniciando na Praça Sá Barreto até o Cruzeiro na serra do Periperi.  Com esta piedosa devoção, os fiéis puderam reviver o caminho de Nosso Senhor até a sua Entrega na Cruz. Neste ano, a Via Sacra também contemplou o tema da Campanha da Fraternidade, chamando a atenção sobre os biomas brasileiros e a defesa da vida. Cada estação foi celebrada por uma paróquia do Vicariato São Lucas e alguns movimentos. Este momento devocional contou também com a participação do Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, padres, diáconos, religiosas, bem como uma multidão de fiéis, que com devoção entoavam cânticos e orações, durante todo o percurso da “Via Dolorosa”.

 

Início da Via Sacra

Subida da Serra

Celebração de Encerramento

* Créditos das imagens: Ivana Matos.

 

Dia 13 - MISSA DA CEIA DO SENHOR NA IGREJA CATEDRAL

A Missa da Ceia do Senhor teve início às 20h desta Quinta-Feira Santa na Igreja Catedral de Vitória da Conquista, presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, e concelebrada pelo pároco, Mons. Uilton, e pelos Padres Tobias e Gildeir, tendo a assistência dos Diáconos Antonio Gonçalves e Luciano Santana. Na homilia, o Metropolita sublinhou os três elementos centrais da liturgia deste dia: a Instituição da Eucaristia, a Instituição do Sacerdócio e a Entrega do Mandamento do Amor, e ressaltou: “o amor, além do sacrifício, exige presença”. Após a homilia foi realizado o rito do lava-pés, recordando que o gesto feito por Jesus é para ser seguido na vida, isto é, no amor que dedicamos a nossos irmãos. Após a Sagrada Comunhão, como de costume, aconteceu a trasladação do Santíssimo Sacramento para a Capela da Reposição, preparada no Salão Dom Vital, onde fiéis ficaram em vigília com o Senhor.

Rito do lava-pés

(O Arcebispo lavou o pé de um dos presentes, depois convidou os demais a fazerem o mesmo gesto que ele acabava de fazer, deixando-os o exemplo a seguir)

Transladação do Santíssimo Sacramento


 

Dia 11 - MISSA DA UNIDADE EM VITÓRIA DA CONQUISTA REÚNE MULTIDÃO DE FIÉIS

No início da noite desta terça-feira (11), no Ginásio de Esportes Raul Ferraz em Vitória da Conquista, o Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, junto com todo o clero da Arquidiocese celebrou a Missa do Crisma ou da Unidade, como é chamada após o Concílio Vaticano II. Representação de todas as paróquias e comunidades que formam a Arquidiocese lotou o Ginásio, uma vez que esta Missa caracteriza-se pela unidade e comunhão dos padres e do rebanho com o seu Pastor. Na ocasião os padres renovaram as promessas que fizeram em sua ordenação presbiteral. Após o Rito, o Arcebispo abençoou o óleo dos enfermos, que sustenta na provação da doença, e o óleo dos catecúmenos, sinal da força que liberta do mal. Rodeado pelos sacerdotes, consagrou o Santo Crisma (óleo misturado com bálsamo), para significar o dom do Espírito no Batismo, na Crisma, na Ordem, bem como nos Altares e Igrejas que são consagrados. A Paróquia Nossa Senhora de Fátima e Santo Antônio de Lisboa, aos cuidados dos Frades Capuchinhos, teve a responsabilidade de preparar, neste ano, a Solene Concelebração Eucarística. Ao término da Celebração, o Metropolita anunciou o local da próxima Missa da Unidade (2018). Foi nomeada a Paróquia São Sebastião em Belo Campo.

 

Espaço Litúrgico

Homilia

Renovação das Promessas Sacerdotais


Entrada do bálsamo e dos óleos

Confecção do Crisma

Consagração do Santo Crisma

Durante a Oração Eucarística

Assembleia

* Créditos das imagens: PASCOM da Paróquia de Fátima e JB Mark

 

Dia 11 - MANHÃ DE ESPIRITUALIDADE DO CLERO

O clero da Arquidiocese de Vitória da Conquista esteve reunido na manhã desta terça-feira (11), no auditório do convento dos capuchinhos, Paróquia de Fátima, com o Arcebispo Metropolitano, Dom Luís Pepeu, para um momento de espiritualidade em preparação à Missa do Crisma (Missa da Unidade). O início foi marcado por um momento de oração e meditação. Seguiu-se com a apresentação e boas vindas aos religiosos chegados recentemente à Vitória da Conquista e Itambé. Foi realizado um estudo e reflexão sobre algumas cartas e mensagens do Papa Francisco e de São João Paulo II dirigidas aos sacerdotes. Após um momento de comunicações, o encontro foi encerrado com uma oração e almoço fraterno.

 

Dia 9 – ARCEBISPO PRESIDE NA CATEDRAL A CELEBRAÇÃO DO DOMINGO DE RAMOS E DA PAIXÃO DO SENHOR

Na manhã deste domingo (09), na Catedral Metropolitana, Dom Luís presidiu a Santa Missa do Domingo de Ramos, ato litúrgico que inaugura as celebrações da Semana Santa. O início da celebração aconteceu na praça Joaquim Correia, ao lado da Catedral, onde estava reunida uma grande multidão de fiéis com os ramos em mãos para relembrar a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém. Após a habitual saudação, o Arcebispo procedeu com a oração da bênção dos ramos. Em seguida, o Diác. Antonio Gonçalves fez a solene proclamação do Evangelho. Depois, os fiéis, agitando os ramos, louvando e cantando, saíram em procissão até o interior da Catedral. A celebração prosseguiu com a oração do dia e a liturgia da palavra. A Santa Missa de Ramos, presidida pelo Arcebispo, foi concelebrada pelo Mons. Uilton Pereira, Vigário Geral e pároco da Catedral, Pe. Gildeir, além da presença do Diác. Antonio Gonçalves, Irmã Cândia, da Ordem da Anunciação e numerosos fiéis.

 

Dia 7 - POSSE DO NOVO BISPO DE ITABUNA

No fim da tarde desta sexta-feira, dia 07, aconteceu a Posse Canônica de Dom Carlos Alberto dos Santos como 5º Bispo Diocesano de Itabuna. O Arcebispo Metropolitano de Vitória da Conquista, Dom Luís Pepeu, participou da Solenidade. A Concelebração Eucarística com o Rito de Posse foi realizada na Catedral Diocesana, estava repleta de fiéis, oriundos das diversas paróquias, bem como, grande participação de fiéis da Diocese de Teixeira de Freitas e Caravelas, donde Dom Carlos veio. Numerosos padres de diversas dioceses estavam presentes, o Mons. Uilton, Vigário Geral, e o Pe. Ariosvaldo, Representante do Clero, representaram nosso clero.

 

Dia 7 - APRESENTAÇÃO DO NOVO CHANCELER DA CÚRIA METROPOLITANA

Na manhã desta sexta-feira (07), Dom Luís Pepeu, Arcebispo Metropolitano, apresentou o novo Chanceler da Cúria Metropolitana, o candidato às Ordens Sacras: Técio Andrade Lima. O ato ocorreu na sala da chancelaria da Cúria, com a presença do Vigário Geral, o Mons. Uilton, do Ecônomo, Pe. Alessandro, bem como: funcionários, diáconos e demais pessoas. O metropolita após acolher a todos e explicar qual é o ofício do chanceler, pediu que fosse lida a Provisão. Após a leitura da Provisão, o novo chanceler emitiu a Profissão de Fé e realizou o Juramento de Fidelidade, conforme determina a disciplina da Igreja, sobre todos que são chamados a exercer um ofício eclesiástico. Entre as funções do chanceler está de cuidar que os atos da Cúria sejam redigidos e despachados, bem como sejam guardados no arquivo da Cúria.

 

=========================================================

 
« InícioAnterior12345678910PróximoFim »

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL